O que é e como usar o Windows Movie Maker

Por Douglas Ciriaco

Um dos softwares mais clássicos da Microsoft, o Windows Movie Maker é o editor de vídeo nativo do Windows. Lançado em 2000, o aplicativo já foi visto com muita desconfiança, mas nem de longe pretende ser um editor profissional, servindo assumidamente como um apoio para criação de vídeos simples.

Ele apresenta suporte para trilha sonora, filtros de imagens e efeitos de transição, dando conta do básico na hora de criar um pequeno filme. Além disso, a ferramenta pode ser de grande utilidade para dividir um arquivo de vídeo em várias partes, oferecendo inúmeros formatos para exportação.

Sua interface consiste de um storyboard, um pré-visualizador e uma biblioteca de mídia. No topo da tela, ele repete o mesmo padrão visual das últimas versões de aplicativos da Microsoft, como o pacote Office e o Explorador de Arquivos do Windows, organizando seus recursos e opções em abas.

Usar o aplicativo é bem simples e não exige muitos conhecimentos técnicos. Basicamente, isso pode ser feito em quatro grandes ações: adicionar arquivos de foto ou vídeo à linha do tempo; adicionar áudio ou fazer uma narração; adicionar títulos e créditos; e por fim publicar sua obra. Aprenda agora um pouco mais sobre como criar um filme com o Movie Maker.

Montando seu filme

1. Clique sobre o botão Adicionar fotos e vídeos para escolher os arquivos que farão parte da sua obra.

Windows Movie Maker

2. Note que o programa é organizado em abas, então é ali que você deve vasculhar para encontrar o que precisa.

Windows Movie Maker

3. Ao adicionar seus vídeos, vá até a guia Animações para selecionar um efeito de transição entre eles. Perceba que, ao selecionar qualquer uma das opções, basta apertar o botão play na tela de pré-visualização para ver o efeito na prática. Você também pode usar as configurações para determinar se o mesmo efeito será aplicado em todas as transições de vídeos, além da duração em que isso será executado.

Windows Movie Maker

4. Em Efeitos visuais, aplique filtros para dar um novo visual às imagens que compõem o seu filme. Novamente selecione o vídeo que será modificado e clique sobre o filtro para vê-lo em prática. Se ficou do seu agrado, siga adiante. Aqui também é possível aplicar o mesmo filtro a todas as imagens de seu storyboard.

Windows Movie Maker

5. A guia Projeto reúne alguns detalhes extras relacionados à produção da sua obra. Esta fase é a mais complexa de todo o programa, pois permite controlar detalhes técnicos como destaque da narração, mixagem de áudio, realce da música e a taxa de proporção do vídeo. Se você não entende muito desses processos, a melhor opção é deixá-los com as definições originais.

Windows Movie Maker

6. Antes de finalizar, volte à aba Início e encontre as opções Título, Legenda, Créditos no topo da tela. Aqui você pode adicionar a parte textual que vai ser exibida na tela. Clicando sobre a opção Legenda, por exemplo, você pode escrever o subtítulo de um determinado trecho. Basta dar um duplo clique sobre a legenda para começar a editá-la.

Windows Movie Maker

Quando você seleciona algum elemento de texto, a guia Ferramentas de Texto surge no topo da tela. Por meio dela, você pode formatar o texto (selecionar tipo de fonte, tamanho, estilo), além de aplicar efeitos, definir tempo de exibição e tudo mais.

Adicionar um título à sua película, ou seja, uma tela inicial que vai apresentar sua obra ao público, funciona da mesma maneira. A diferença é que neste caso será possível aplicar efeitos visuais para incrementar a exibição. Os outros elementos textuais funcionam de forma semelhante, guardando apenas algumas peculiaridades que podem ser facilmente identificadas acompanhando as informações oferecidas pelo próprio programa.

Windows Movie Maker

7. Agora que o filme está pronto, chegou a hora de salvá-lo. Clique em Salvar filme para que ele seja exportado para o formato mais recomendado para o seu projeto. Há também outras opções acessíveis por meio do menu em cascata logo abaixo deste botão.

Windows Movie Maker

8. Se preferir, você pode escolher publicar seu filme diretamente na web. Selecione uma das opções (YouTube, Vimeo, Facebook, OneDrive etc.) e então siga as instruções do assistente de publicação.

Windows Movie Maker

O Windows Movie Maker se tornou quase que um assistente passo a passo para a criação de vídeos, o que torna a sua utilização ainda mais simples do que antes. Quem quer criar uma montagem em vídeo rapidamente, sem grande trabalho, pode fazê-lo com este programa sem nenhum problema.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.