Coelho ou corvo? Ilusão de ótica viraliza no Twitter

Por Nathan Vieira | 23 de Agosto de 2019 às 15h31
Tudo sobre

Twitter

Saiba tudo sobre Twitter

Ver mais

Se tem uma coisa que a internet ama, é uma ilusão de ótica. Provavelmente você se lembra quando a web parou em 2015, quando começou a circular a foto de um vestido que alguns consideravam preto e azul, e outros consideravam branco e dourado. Atualmente, o viral que está tomando conta da web é o vídeo de um animal sendo acariciado por uma pessoa. No entanto, o que acontece é que simplesmente ninguém consegue decidir se é um coelho ou se é um corvo.

O vídeo foi publicado, a princípio, pelo Imgur, um famoso servidor de hospedagem de imagem, em sua conta oficial do Twitter. "Eu acho que há algo errado com o seu coelho", a equipe escreveu. No entanto, a história tomou fôlego quando o cientista Dan Quintana compartilhou o tuíte, com a legenda "Coelhos adoram ser acariciados no nariz". Foi aí que os usuários da rede social em questão ficaram "Espera... mas é um coelho ou um corvo?", e uma verdadeira guerra começou.

De um lado, internautas defenderam com garra (literalmente) que o animal se tratava de um corvo. "Eu vejo um corvo. Alguém mais?", apontou um usuário. "Meu primeiro pensamento ao vê-lo foi [de ser] uma ave. Eu tive dificuldade ao tentar ver a ilusão de 'coelho'. O bico é muito afiado e claramente a textura das penas está lá", escreveu outra. Por sua vez, uma parte do público acredita fielmente que se trata de um coelhinho: "Não é um corvo, nem de longe", uma pessoa disparou. "Vocês não conseguem ver que é um coelho?", acrescentou outra. Você acha que é um coelho ou um corvo? Veja o vídeo:

Dan Quintana, que deu início à toda essa repercussão, no fim sabia que o vídeo iria confundir o pessoal da internet. Em seu blog pessoal, o cientista escreveu: "Este vídeo fazia alusão à famosa ilusão ave / coelho, popularizada pelo psicólogo Joseph Jastrow, mas originalmente publicada em 1982".

"Ave ou coelho" é uma ilusão de ótica mais antiga do que podemos imaginar (Foto: Blog Dan Quintana)

Para encerrar a discussão: o animal compartilhado é um corvo. O vídeo foi originalmente publicado há mais de dois anos por Paige Davis, que é curadora de treinamento de aves no World Bird Sanctuary. "Ao primeiro direcionar a atenção do espectador para o nariz, eu estava tentando distrair os espectadores das orelhas e do bico, uma das claras revelações de que se tratava de um vídeo de um corvo — um corvo de pescoço branco para ser preciso", diz o cientista.

Fonte: Twitter via Tilt

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.