Siga o @canaltech no instagram
5 Motivos 217 / 219 vídeos

5 motivos para NÃO comprar o Moto G7

04:38 | Por Adriano Ponte | 22 de Março de 2019
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Moto G7

Ficha técnica

SEM CUSTO BENEFICIO

Mesmo lançado por um preço adequado ao que já vimos na linha G6, precisamos falar sobre o elefante na sala: a linha G deixou de ser uma coleção de produtos mais acessíveis (e ao mesmo tempo de boa qualidade). Hoje temos intermediários um pouco mais caros do que gostaríamos (sem necessariamente entregar smartphones acima do estigma de “Moto G”).

Um Moto G7 é bom, porém seu preço não. A versão G7 Power entrega mais diferenciais por um valor menor, sendo de fato um custo benefício; aqueles que buscam mais “poder” claramente devem optar pelo G7 Plus, mais caro, potente e melhor fotógrafo.

Sem uma boa promoção o G7 deixa de fazer sentido, sendo o Power e o Plus as únicas recomendações viáveis.

CÂMERA DE MOTO G PLAY

Caso não tenha ficado claro, um Moto G7 não tem muitas diferenças quando comparado aos irmãos Play e Power, principalmente em termos de processamento e fotografia.

Um usuário leigo dirá que as imagens são boas, puramente por nunca ter testado um Moto G7 Plus ou outros intermediários mais competentes em fotografia. Produzir fotos que não sejam num dia ensolarado no parque entrega de cara as limitações do G7 em fotografia, além da falta de estabilização óptica das imagens.
Quer fotos boas? Opte pelo G7 Plus.

BATERIA PARADA NO TEMPO

Fica até difícil pensar que 3.000 mAh seja ainda uma quantidade de energia que se aplique para 2019. Aparelhos compactos já provaram que 4.000 mAh é o novo rumo que a indústria deve tomar, e o G7 Power entrega com o mesmo processador do G7 um show de autonomia ao aumentar para 5.000 mAh a energia presente no aparelho.

Para nós o G7 parou no tempo em questões de bateria, principalmente pela própria Motorola contar com outros modelos tão competentes em energia (ou) soluções para isso.

TELA “OK”

Já vimos muitas telas LCD passarem pelo Canaltech, porém a do Moto G7 mostra que é possível retroceder e entregar “apenas o básico” para um aparelho que faz parte de uma linha que já foi “a melhor do país” na opinião de muitos.

Não temos defeitos no painel LCD do G7, apenas questionamos seu desempenho fraco e abaixo do esperado para uma série G, que já entregou em gerações passadas resultados um pouco melhores, dando a impressão que G7 não significa nada além de “G7 Play, só que FullHD”.

SEM TV DIGITAL

Pode ser que você não precise do recurso, mas saiba que ao pagar mais caro pelo G7 normal você leva para casa menos que o G7 Power entrega. O Power é o único modelo de Moto G7 que conta com TV Digital, logo quem gosta da linha G e quer optar por um modelo mais “poderoso” como o G7 (por causa da resolução) ou o G7 Plus (por todo o resto) não levará um recurso que está presente num dos aparelhos mais baratos.

Faz sentido? Nenhum. Mesmo que não te faça falta, saiba que o G7 sem TV é literalmente ver uma promoção-reversa “pague 2 e leve apenas 1”...

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Moto G7

Citadas no Vídeo