5 Motivos 152 / 152 vídeos

5 motivos para NÃO comprar o Moto G5S

03:34 | 11 de Setembro de 2017

O Moto G5S aparenta ser um smartphone promissor, e ele chega para substituir o Moto G5, ainda que indiretamente. Com visual mais robusto e refinado, além de umas mudanças aqui e ali, será que realmente a Motorola acertou em trazer essa variante para o mercado?

De fato, o dispositivo traz recursos legais e tem hardware semelhante ao Moto G5, mas se você achava que era tudo alegria por aqui, saiba que existem alguns pontos negativos no G5S; e nós separamos 5 deles que precisam ser considerados antes de você comprá-lo.

Confira agora os 5 motivos para não comprar o Moto G5S.

Não é mais dual-sim

Se você é do tipo que precisa usar dois chips ao mesmo tempo, mas também não abre mão de usar um cartão microSD vez ou outra, saiba que essa possibilidade fica mais estreita no Moto G5S. Isso porque o smartphone traz uma gaveta híbrida, ou seja, você vai ter que optar entre usar duas linhas, ou apenas uma e expandir a memória… ai, ai...

E essa câmera saltada aí?

Uma reclamação geral no mundo dos smartphones também se faz presente aqui. O Moto G5S traz para si um monte de aspectos de outros produtos da marca, como essa câmera traseira saltadíssima. A consideração básica aqui, é: se não quiser viver com medo de arranhar essa lente, use uma capinha.

Sem bateria removível

No Moto G5, uma das coisas que deixou os usuários bem empolgados foi a possibilidade de remover a bateria do smartphone e trocar por outra sempre que houvesse a necessidade. Pois bem, o G5S abandona esse conceito em prol de um design unibody de alumínio, o que realmente deixa o produto com uma cara mais atraente, mas acaba deixando de lado esse ponto.

Selfies "básicas"

Se você caiu aqui achando que a câmera frontal do Moto G5S teve um grande upgrade, saiba que… não, não foi bem assim. Os mesmos 5 MP foram mantidos, bem como a abertura de f/2.0 na lente. Em resumo, as suas selfies serão composições simples, e você tem que ter em mente que, quanto menos luz no ambiente, pior os resultados ficarão. Mesmo com o flash LED que vem embutido nele.

Será que justifica a troca?

Em relação ao Moto G5, que é o modelo anterior, o Moto G5S não fica praticamente nada tão distante. O hardware, basicamente, é o mesmo, considerando o chipset, RAM, GPU e memória interna. Ou, em outras palavras, o G5S acaba entrando naquele dilema: ele é, sim, mais elegante que o Moto G5, mas vale mesmo a pena pagar a mais por ele, sendo que o desempenho do outro é o mesmo?

Bem, essas e outras respostas nós vamos dar no comparativo entre o Moto G5 e o G5S, que vocês verão em breve aqui no Canaltech.

Citadas no Vídeo