5 Motivos 225 / 227 vídeos

5 motivos para NÃO comprar o Galaxy S10+

03:46 | Por Joyce Macedo | 19 de Abril de 2019
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy S10+

Ficha técnica

A família de smartphones Galaxy S10 já está disponível no Brasil e muita gente tem olhado bem de perto para estes smartphones. O mais robusto deles é o S10+, com cinco câmeras no total, bateria maior e display gigante.

Ele carrega o que há de mais recente em termos de tecnologia móvel, mas nem tudo são flores. Confira agora cinco motivos para possivelmente evitar o novo smartphone top de linha da Samsung.

Cinco mil e quinhentos reais...

O nosso primeiro motivo, claro, é o preço. A versão inicial do Galaxy S10, com 128 GB de memória, custa R$ 5.499; ou R$ 6.699 com 512 GB. Mas, se por acaso você optar pela versão com 1 TB, corpo em cerâmica e mais RAM, o preço sobe para R$ 8.999. Sabemos que smartphones premium custam caro, e o S10+ chega para manter esse status.

Bixby e seu botão

Muita gente utiliza o assistente Bixby, muita gente também não utiliza. Um fato é: até então, ele não está disponível no idioma português e isso obriga a galera a optar por outros idiomas, como o inglês. A propósito: o botão do assistente continua aqui, mas você não pode remapear ele para outro assistente, como o do Google. Mas, claro, você já pode usar ele para outras funções, o que já representa alguma coisa.

Modo noturno meio méh

Um celular de 5 mil reais poderia fazer até mesmo ovos cozidos, mas isto ainda não é realidade. Fotos noturnas excelentes, ao menos por enquanto, também não são uma realidade para o S10+. O novo modo de cena noturna da Samsung funciona a partir da Inteligência Artificial e não está disponível o tempo todo para o usuário. Além do mais, ele se mostrou menos eficiente do que aparelhos como o Pixel 3 nestas ocasiões.

Leitor de digitais ultrassônico

Agora com esse novo display cheio de tecnologias legais, a Samsung também adotou um leitor biométrico ultrassônico. Ele é legal, funcional e traz um ar futurista para o smartphone, mas ainda é menos veloz do que leitores físicos (como no seu irmão S10e) e pode ter seu funcionamento atrapalhado por películas específicas. A propósito, o lado bom é que esse leitor funciona com seus dedos molhados, sujos e afins.

Opções na própria linha

O S10+ é o smartphone com mais tecnologias desta geração atual da Samsung, e isso fica inegável. No entanto, para quem quiser economizar um pouco, mas ainda pagando caro por um smartphone, há entre ele o S10 e o S10e: no caso do S10, sua tela é de 6,1” contra 6,4” e ele tem uma câmera a menos na frontal; no caso do S10e, ele é menor, tem a câmera ultra wide-angle e custo mais “acessível”. Internamente, os três modelos trazem o mesmo chipset.

Mas, claro, o que vocês acharam do Galaxy S10+? Vale a pena comprar o top de linha da Samsung? Conta aqui pra gente!

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.