5 Motivos 168 / 170 vídeos

5 motivos para COMPRAR o Zenfone 4

04:15 | 13 de Novembro de 2017

A cada lançamento de Zenfone a Asus corre atrás de limpar erros de código e pequenos detalhes que não funcionaram em outros aparelhos. No caso do Zenfone 4 temos grandes melhorias, porém alguns detalhes conseguiram passar adiante e chegaram ao consumidor final. Confira agora [5 motivos] [não] Asus Zenfone 4. 

BATERIA

3300mAh são um número maravilhoso; ele indica que o Zenfone 4 traz bastante energia dentro de si, principalmente se comparado a maioria dos aparelhos disponíveis no mercado. Infelizmente, mAh por si só não indicam tranquilidade - pode ser que o aparelho consuma essa energia num ritmo acelerado e ponha tudo isso abaixo.

Em nossa análise conseguimos um número OK apenas para o Zenfone 4, sendo ele 9:30 horas de tela com o aparelho em uso ativo normal, e até 14 horas de uso misto. Isso quer dizer que usuários que optarem pelo modo desempenho do Zenfone 4 a fim de aproveitar 100% do poder processamento do Snapdragon 660 irão se surpreender com o tempo de autonomia do modelo sendo cortado pela metade em uso máximo.

Sinceramente, gostaríamos de tanta bateria quanto os modelos Max da Asus apresentam. É algo necessário para o balancear o uso do Zenfone 4 em seu modo potência ou em gravações de vídeo 4K.

CÂMERA SECUNDÁRIA

Não se confunda: a câmera primária de 12 MP de (f/1.8, 25mm, PDAF, OIS) está no nosso outro vídeo, 5 motivos para COMPRAR o Zenfone 4. Neste vídeo aqui, 5 motivos para NÃO COMPRAR o Zenfone 4, falaremos da câmera secundária de 8 MP (f/2.2, 12mm) com 120 graus de amplitude.

Infelizmente temos uma combinação de menos abertura neste sensor com forte pós processamento, deixando (seja por esse fato ou pela natureza da lente/sensor escolhidos) claras perdas de qualidade nas fotos produzidas pela câmera "panorâmica" secundária do Zenfone 4. Ela entrega muito ruído mesmo em ambientes completamente externos e bem iluminados, com forte granulação em nuvens e no céu, por exemplo. O uso dessa segunda câmera em baixa luz é bem inviável para os mais exigentes. Você terá fotos com mais campo de visão, mas com custo na qualidade.

FALTA DE RESISTÊNCIAS

Dada a colocação do Zenfone 4 como um aparelho acima dos intermediários (segundo a própria Asus), é de se esperar que haja alguma resistência a líquidos no aparelho. Dizemos isso não apenas por sua construção em metal e vidro ser algo que já demonstra ser à prova d'água em aparelhos da Samsung (em aparelhos de alto e médio custo, estando disponível para vários tipos de bolso); dizemos isso pois até mesmo empresas como a Motorola, que utilizavam apenas nanorrevestimento para respingos d'água, trazem agora modelos REALMENTE à prova d'água, como o Moto X4.

A Asus está ficando cada vez mais para trás nesse segmento, principalmente da forma que posiciona o Zenfone 4 como escolha de alto nível.

ZenUI

O maior problema que vem dentro do seu Zenfone 4 é a ZenUI, que é uma insistência da empresa em tentar agradar a todos os públicos ao mesmo carregando o sistema de recursos diversos e redundantes entre as soluções padrão do Google. Quase todos os apps injetados no sistema podem ser desativados, porém as intromissões no código do Android estão por todos os lados, indo desde menus de sistema a até pacotes de ícones e barras de atalhos. Sabemos que está cada dia mais difícil encontrar um Android limpo de verdade, e com a Motorola se distanciando do Android puro, pode ser essa a chance de dar a voltar por cima e parar de empurrar a ZenUI para o consumidor.

Ao menos o gerenciador de arquivos padrão da Asus Zen UI é excelente. Pena que somente ele.

PREÇO

Em nossa análise levamos em conta o modelo que recebemos para testes, o Zenfone 4 com Chipset Snapdragon 660 de alto rendimento, 6 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. O preço desse modelo na data de publicação deste vídeo estava entre os R$ 1.900 e R$ 2.100, dependendo da loja escolhida e da opção de pagamento. Isso coloca opções como Moto Z2 Play e Galaxy A7 2017 na escolha do usuário, ambos com performance respeitável, fotografia OK e total resistência à água no caso do Galaxy A7 2017.