Gboard vs. Swiftkey: qual é o melhor teclado para celular?

Gboard vs. Swiftkey: qual é o melhor teclado para celular?

Por Diego Sousa | 30 de Agosto de 2020 às 10h00
Felipe Junqueira/Canaltech

Tanto o iOS quanto o Android permitem escolher o aplicativo de teclado padrão no celular — e isso é muito conveniente, até porque nem todas as soluções próprias das empresas são funcionais e intuitivas. Nessa categoria, os mais populares são o Gboard (Android|iOS), do Google, e o Swiftkey (Android|iOS), da Microsoft.

Ao longo da última semana, usei ambas as opções tanto para trabalhar quanto para digitação em redes sociais e preparei esta comparação destacando quais são os principais pontos positivos e negativos de cada um nas seguintes categorias:

  • Visual e layout
  • Personalização
  • Digitação

Para este comparativo, utilizei um Galaxy S8, que já vem de fábrica com o teclado da Samsung — que é talvez o melhor app nativo do mercado ao lado do teclado do iPhone. Apesar disso, decidi não incluí-lo no texto por dois motivos: não há um aplicativo oficial para baixá-lo em outros celulares e, também, as possibilidades são mais limitadas. Sem mais delongas, confira nosso comparativo abaixo e descubra quem se sai melhor no duelo entre Gboard e Swiftkey.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Visual e layout

Os dois não diferem muito em relação ao layout. Ambos permitem alterar a altura do teclado, embora o Swiftkey seja mais prático por oferecer a opção de regular sem sair do aplicativo — no Gboard, por exemplo, é preciso ir até um aplicativo que utilize o teclado sempre que quiser visualizar as mudanças.

Tanto o Gboard quanto o Swiftkey também oferecem opções de digitação apenas com uma mão e modo flutuante, este último que praticamente “desprende” o teclado da parte inferior e permite movê-lo para qualquer parte da tela. O teclado da Microsoft ainda traz o modo de polegar como diferencial, que separa o teclado pela metade e facilita a digitação com os polegares. De fato, é uma ideia interessante, mas que, na prática, não oferece nenhum benefício em relação ao modo de operação tradicional.

No mais, ambos são teclados bastante leves e não dão aquela sensação de pesar a usabilidade ou que demoram para abrir. Acredito que o Gboard seja levemente mais rápido na abertura, mas isso pode estar relacionado a uma maior compatibilidade do app com o Android — já que ambos são do Google. Na prática, a diferença é mínima.

Gboard e Swiftkey tem layout bastante parecido (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

Personalização

Em relação à personalização, o Swiftkey leva vantagem em relação ao Gboard quando o assunto é variedade. O teclado da Microsoft oferece temas para todos os gostos, seja algo mais simplista, como um preto com detalhes em vermelho, ou bem extravagante, como um verde neon com trevos em volta das teclas.

Tema verde com trevos do Swiftkey (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

No caso da aposta do Google, as opções disponíveis são mais sólidas, como paisagens e gradiente, o que é visualmente mais agradável. Para quem curte algo mais limpo, o Gboard oferece temas mais interessantes, enquanto o Swiftkey é mais indicado para usuários que gostam de deixar o celular bastante modificado.

Em ambos também há a opção de importar uma foto da galeria como plano de fundo do teclado, ideal para colocar foto de família, paisagens ou herói favorito, por exemplo.

É possível colocar foto da galeria no fundo do teclado (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

Digitação

A experiência de digitação dos dois teclados também é algo a se elogiar. Ambos possuem teclas bem espaçadas e a disposição delas pode ser ajustada para facilitar a teclagem, como adicionar as teclas numéricas logo na parte superior do teclado. Além disso, eles contam com funções como bloquear palavras ofensivas, digitação em vários idiomas e correção automática, incrementando a experiência.

Para redes sociais, os dois teclados têm à disposição a procura de GIFs e figurinhas através de um único botão, mas o teclado do Google leva vantagem por oferecer uma ampla variedade de opções. O Gboard também se destaca pela quantidade de línguas/dialetos suportados, apesar de que os dois são capazes de traduzir palavras e frases com o Google Tradutor sem sair do aplicativo.

O Gboard oferece muito mais variedade de GIFs (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

Se você tem o costume de escrever muito no celular, a ferramenta de edição de texto do Gboard ajuda bastante para navegar por todo conteúdo escrito. Além disso, ele permite copiar, colar e selecionar um texto com bastante facilidade. Particularmente, a função foi bastante útil principalmente na hora de revisar parágrafos ou linhas específicas de um texto.

Função do Gboard transforma teclado em um mouse (Foto: Diego Sousa/Canaltech)

A previsão de palavras e mídia do Gboard também é ligeiramente mais inteligente e rápida do que no Swiftkey — talvez pela sua maior compatibilidade com o Android. No entanto, durante minha utilização, senti que o teclado da Microsoft conseguiu corrigir palavras e até frases com maior precisão, isso sem contar com o recurso de deslizar o dedo pelo teclado para digitar, que foi mais bem-sucedido no Swiftkey — ele consegue até escrever frases completas.

O que também me agradou no teclado da Microsoft foi o acesso fácil à área de transferência, onde basta apenas acessar a barra de recursos. Na prática, isso é ideal para quem trabalha muito com essa opção e muito mais conveniente do que manter o dedo pressionado e clicar na opção.

Gboard vs. Swiftkey: qual é o melhor teclado?

Com visual mais familiar e recursos mais básicos, o Gboard pode agradar usuários que procuram um teclado mais simples e funcional, no estilo "instalou, usou". A aposta do Google também é ideal para redes sociais e mensageiros, já que possui uma ampla variedade tanto de GIFs quanto de figurinhas.

Já o Swiftkey é uma opção mais complexa por permitir personalizar cada parte do teclado, seja no visual ou na disposição das funções. Se você gosta de deixar o celular com a sua cara, o teclado da Microsoft oferece muito mais opções de temas.

No entanto, ambos são bastante semelhantes na experiência de digitação e os diferenciais podem pesar tanto para um lado quanto para o outro. O Gboard oferece a ótima ferramenta de edição avançada, que basicamente transforma o teclado em um mouse, além de conseguir traduzir frases e palavras sem precisar sair do aplicativo.

Por outro lado, o Swiftkey tem acesso rápido e conveniente à área de transferência, sem contar com a correção de palavras e a função de deslizar para digitar, que me pareceu ser mais precisa no teclado da Microsoft.

E foram justamente esses diferencias do Swiftkey que me fizeram mantê-lo como meu app de teclado oficial: a correção de palavras precisa, bastante útil na digitação de textos grandes; e o recurso de deslizar o dedo para digitar bastante preciso. Sem contar com a ampla variedade de temas do teclado da Microsoft também chama atenção.

E aí? Qual teclado você usa no seu celular? Conte-nos abaixo nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.