Samsung bate recorde de velocidade de internet 5G

Samsung bate recorde de velocidade de internet 5G

Por Wagner Wakka | 15 de Abril de 2020 às 10h10
SatteliteToday

A Samsung bateu o recorde de velocidade de uma transmissão via internet com 5G: em teste realizado na Coreia do Sul, a empresa alcançou a marca de 8,5 Gbps. A gigante usou o mmWave, rede que se aproveita de ondas de altíssima frequência que colaboram também com maior velocidade.

Para se ter uma ideia do quanto isso é alto, o Canaltech testou as conexões em 5G durante o Rock in Rio no ano passado. Os testes ficaram na casa dos 1 Gbps, o que já é considerado alto em comparação ao 4G.

Vamos por partes para entender este teste. Segundo comunicado da Samsung, foram utilizadas ondas em 800 MHz, junto a MU-MIO e carrier agregation para alcançar este número. As ondas de 800 MHz são relativas à alta frequência em mmWave, citadas no início do texto, já o MU-MIMO, significa, em tradução livre, a capacidade de criar múltiplas entradas e saídas de informação, o que também colabora para taxas maiores de transmissão de dados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por fim, carrier agregation é uma técnica que permite que mais de um pacote de transmissão de dados ao mesmo tempo para um único usuário, o que também melhora a velocidade.

Combinando essas três tecnologias é que a Samsung alcançou os 8,5 Gbps. A proposta da empresa foi demonstrar o poder da conexão 5G, não exatamente prometendo que esta velocidade vá chegar ao usuário final.

Na Coreia do Sul, redes com o novo padrão já estão disponíveis desde o ano passado, com 4,6 milhões de assinantes até o momento, segundo a própria Samsung. A promessa, agora, é levar sua tecnologia para Japão, Canadá e Nova Zelândia.

No Brasil, ainda não há uma data para que o novo padrão seja implementado, também porque nem mesmo os leilões das frequências de utilização pelas operadoras foram realizados no país. O cronograma inicial era de que isso acontecesse em abril, mas os acordos foram adiados.

Fonte: Samsung

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.