Huawei ganha licença temporária para fazer negócios com empresas dos EUA

Por Diego Sousa | 11 de Março de 2020 às 10h17
Rubens Eishima/Canaltech
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos concedeu nesta terça-feira (10) 45 dias à Huawei para fazer negócios com companhias americanas. A fabricante chinesa, que permanece na lista negra do governo desde o ano passado, ainda tem grande papel nas redes sem fios do país.

Segundo a Thompson Reuters, a licença temporária abre uma brecha para que a Huawei consiga trabalhar junto das operadoras de telecomunicações para minimizar problemas de redes sem fios nas zonas rurais do país.

Ainda assim, os Estados Unidos continuam fazendo vista grossa à Huawei. Embora a licença permita que a fabricante continue negociando com as operadoras que utilizam seus equipamentos, o presidente Donald Trump barrou que novas empresas adotem a infraestrutura fabricada pela Huawei e por empresas que podem oferecer "risco à segurança nacional" - isso inclui também à ZTE.

Além disso, o governo dos Estados Unidos continua se esforçando para convencer outros países, incluindo o Brasil, a evitarem construir suas redes 5G em parceria com a Huawei.

Fonte: Thompson Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.