Anatel vai começar a procurar backdoors em produtos já a partir de agosto

Por Ramon de Souza | 16 de Março de 2021 às 23h40
Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou que começará a testar, já no mês de agosto, equipamentos de telecomunicações comercializados no mercado brasileiro em busca de eventuais backdoors — termo que pode ser traduzido literalmente como “porta dos fundos”. Um backdoor nada mais é do que uma vulnerabilidade inserida intencionalmente em um hardware ou software que permite a um agente externo (criminoso ou órgão governamental) obter acesso ilegal às informações ali armazenadas.

A ação faz parte do Regulamento de Segurança Cibernética Aplicada ao Setor de Telecomunicações (Resolução 740/2020), publicado em dezembro de 2020 e que visa justamente impedir que produtos com falhas intencionais acabem circulando no mercado brasileiro. Os testes serão feitos com especialistas e em laboratórios específicos; qualquer produto que seja pego no flagra com um backdoor terá sua homologação imediatamente revogada, não podendo ser utilizado em território nacional.

O processo ficará a cargo do Grupo Técnico de Segurança Cibernética e Gestão de Riscos de Infraestrutura Crítica (GT-Ciber), time formado pela norma justamente para realizar tais verificações. Segundo Gustavo Borges, superintendente do grupo, o regulamento tem a capacidade de evitar riscos em infraestruturas críticas do país, focando mais em questões de segurança cibernética.

As grandes operadoras de telefonia móvel e internet devem cadastrar seus produtos certificados, que serão retirados em amostragem para análise. Caso seja constatada alguma anomalia, tanto o fabricante quanto a tele serão notificados para a correção do problema; em último caso, os equipamentos serão confiscados, mesmo se sua utilidade seja crítica para o fornecimento dos serviços à população. Cinco entidades setoriais estão em processo de análise para compor o GT-Ciber.

Fonte: TeleSíntese

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.