Anatel define as primeiras frequências para instalação de 5G no Brasil

Por Rafael Rodrigues da Silva | 24 de Maio de 2019 às 23h00
Divulgação
Tudo sobre

Anatel

Saiba tudo sobre Anatel

Ver mais

Na última quinta-feira (23) a Anatel aprovou a liberação das faixas de frequência de 2,3 GHz e 3,5 GHz para implementação da tecnologia 5G no Brasil.

De acordo com Leonardo de Morais, presidente da Anatel, a destinação de ambas as faixas para o sistema é extremamente importante, pois dará mais opções para as operadoras que pretendem instalar as redes 5G no país.

Segundo a decisão, a rede de 2,3 GHz irá contemplar a faixa de frequências entre 2300 MHz e 2400 MHz, enquanto a de 3,5 GHz irá contemplar as frequências entre 3300 MHz e 3600 MHz — 100 MHz a mais do que a proposta inicial, algo que foi conseguido após consulta pública que permitiu que a Anatel pudesse oferecer essa faixa maior de frequências para atender a demanda pelo serviço.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A faixa de 2,3 GHz é a mais usada pelos sistemas IMT (International Mobile Telecommunications) e a de 3,5 GHz é tida como a porta de entrada para as redes 5G de altíssimas velocidades.

Apesar da decisão, ainda deverá demorar um pouco para que as redes 5G sejam implementadas no Brasil, já que a elaboração do edital para a licitação deverá ocorrer apenas no primeiro trimestre de 2020, então é possível que apenas em meados de 2021 as primeiras operadoras comecem a trabalhar na instalação de suas redes 5G.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.