Rio de Janeiro e Espírito Santo receberão nono dígito em outubro, avisa Anatel

Por Redação | 11 de Janeiro de 2013 às 09h30

Um relatório divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que outros estados e interior de São Paulo receberão o nono dígito em 2013. As informações são do Estado de S. Paulo.

Áreas com DDD 12 a 19, no Estado de São Paulo, terão o nono dígito inseridos a partir de 25 de agosto, e áreas com DDD 21, 22 e 24, no Rio de Janeiro, e DDD 27 e 28, no Espírito Santo, em 27 de outubro. A Anatel pretende implementar o nono dígito em todo o país até o final de 2016 para dar conta da demanda por linhas de celulares no país.

Assim como aconteceu na capital de São Paulo em julho de 2012, os usuários poderão realizar ligações com oito dígitos até 40 dias após a implementação. Neste período, as operadoras deverão notificar os clientes e orientá-los sobre o a obrigatoriedade.

O estado de São Paulo foi o primeiro a receber o dígito devido ao esgotamento de chips habilitados na área, já que atualmente, cada usuário possui mais de um número de celular. De acordo com informações do jornal, o código de DDD 11 consumia cerca de 34 milhões de linhas em uso ante uma combinação de 42 milhões de números.

Com o dígito adicional, as combinações de números sobem para 90 milhões para cada área de DDD. Ainda que não haja escassez de números nas demais regiões, a Anatel pretende padronizar as linhas de aparelhos móveis.

Até 2014, a agência pretende implantar o nono dígito no Amazonas, Amapá, Maranhão, Pará e Roraima; até o final de 2015 em Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe; e até o final de 2016 no Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.