Novo tablet compacto da Samsung deve chegar sem carregador na caixa

Novo tablet compacto da Samsung deve chegar sem carregador na caixa

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 10 de Maio de 2022 às 14h37
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

Depois de ter apresentado a série Galaxy Tab S8 de tablets topo de linha, a Samsung volta suas atenções para os modelos mais compactos. Diversas homologações já entregam alguns detalhes sobre um novo dispositivo básico, especialmente sobre o seu display, bateria e construção. O mais curioso, entretanto, é a possibilidade de ele não oferecer um carregador na caixa.

O tablet foi identificado na listagem de dispositivos protegidos pelo Knox, plataforma de segurança da marca coreana. A documentação revela o número de modelo SM-T260, assim como uma nomenclatura comercial “Galaxy Tab Motor” — até o momento, a empresa não lançou nenhum produto com um nome parecido com esse.

Algumas informações técnicas sobre o SM-T260 já apareceram em certificações no Bluetooth SIG e FCC, como a presença de um display de 7 polegadas. Portanto, será a primeira vez desde 2016 que a Samsung lança um tablet de tela tão compacta — depois do Galaxy Tab A 7.0 mostrado naquele ano, a companhia concentrou investimentos em modelos de pelo menos 8 polegadas.

De acordo com uma entrevista concedida por um ex-executivo de marketing da Samsung ao portal TabletMonkeys, a empresa procurava evitar uma concorrência interna com seus smartphones de dimensões maiores. Atualmente, o Galaxy S22 Ultra traz um display de 6,8 polegadas, enquanto o Z Fold 3 possui uma tela interna de 7,6 polegadas.

Também foi confirmado que este novo tablet terá uma bateria de 4.500 mAh, capacidade bastante baixa para produtos do tipo. Para efeito de comparação, o próprio S22 Ultra já traz um tanque de 5.000 mAh, mesmo com uma estrutura de tamanho menor.

Último tablet de 7 polegadas lançado pela Samsung foi o Galaxy Tab A 7.0 de 2016 (Imagem: Canaltech)

Outros detalhes técnicos do Galaxy Tab Motor não foram divulgados, mas é possível que ele chegue como uma opção mais acessível do que a conhecida linha Galaxy Tab Lite. Além disso, ele não deverá oferecer um carregador na caixa.

Também não se sabe quando o dispositivo chegará de forma oficial aos consumidores, mas o aparecimento em certificações indica que sua apresentação pode estar próxima. Como o tablet também foi homologado na Anatel, é bastante provável que ele seja vendido no Brasil em algum momento.

Fonte: TabletMonkeys

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.