Apple confirma que alguns iPad Pro estão entortando, mas que isso não é defeito

Por Rafael Arbulu | 20 de Dezembro de 2018 às 11h33

A Apple confirmou, após relatos de diversos usuários, que alguns modelos do novo iPad Pro estão, de fato, entortando "de leve". Contudo, a empresa não enxerga a situação como um defeito e, consequentemente, não informou se efetuará a de troca do aparelho dentro de suas inúmeras políticas de seguro e garantia de produtos.

Segundo a fabricante, o defeito corresponde ao resfriamento do chassis do ipad Pro durante o processo de fabricação que, devido à súbita baixa de temperatura, pode acabar entortando o “corpo” do tablet. Como isso não traz impacto a curto ou longo prazo na experiência de uso — ou seja, não compromete a tela sensível ao toque, não impede apps e softwares de rodarem e nem comprime outras peças do hardware —, então não enxerga isso como defeito.

Apple reconhece que alguns modelos do iPad Pro estão entortando no chassis, mas não chama o problema de "defeito" (Imagem: Reprodução/Macrumors)

O caso veio à tona após diversos usuários relatarem que seus aparelhos apresentaram essa mudança após alguns dias de compra, sem quaisquer maus tratos ocorridos, como quedas e pressões indevidas. Alguns relatos não só ampliam o volume de reclamações, mas dizem também que alguns modelos já saíram da caixa desse jeito. Novamente, a Apple disse que isso é normal e alega não ter registrado nenhum aumento de pedidos de troca ou assistência técnica em suas lojas físicas.

O problema parece afetar mais as versões 4G do iPad Pro, haja vista que esse modelo conta com uma linha de plástico no chassis, cuja serventia é separar as partes da carcaça onde está resguardada a antena. Contudo, a Apple alerta que o problema não é exclusivo dele, e usuários do modelo exclusivamente Wi-Fi também podem encontrar a curva.

Usuários que enxergarem o problema e quiserem trocar de aparelho podem fazê-lo sem grandes dificuldades dentro dos 14 dias iniciais de compra, porém não houve comunicação entre a Apple e as lojas, haja vista que alguns relatos dizem que empregados das Apple Stores vêm considerando isso um dano acidental causado pelo usuário e forçando o uso da cobertura AppleCare+ (que é deduzível em valores financeiros).

Não é a primeira vez que uma situação dessas atinge a Apple: na época do iPhone 6, os chassis entortados do smartphone levaram a Apple a organizar turnês midiáticas de comprovação da resistência do aparelho em suas fábricas. A iteração seguinte do iPhone — o iPhone 7 — trocou o material do chassis para um alumínio mais resistente.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.