Problemas na tela estão atrasando fabricação do iPad Pro, diz analista

Por Redação | 13 de Novembro de 2014 às 13h00

Pouco se sabe sobre o iPad Pro, que, de acordo com rumores, deverá ser lançado apenas em 2015. Até o momento, os boatos dão conta que o tablet da Maçã terá tela de 12,9 polegadas, um processador A8X, que foi introduzido no iPad Air 2, e uma tela de altíssima resolução. Obviamente, espera-se também que ele chegue ao mercado com a mesma espessura dos novos modelos, que são os mais finos do mercado.

Tudo isso aparentemente já está definido, mas, de acordo com o MacRumors, o que está mesmo atrapalhando e adiando o lançamento do iPad Pro são problemas na fabricação da tela do aparelho. A informação foi obtida pelo site numa conversa com Mind-Chi Kuo, analista da KGI Securities, que disse que por se tratar de um modelo diferente de tudo o que a Apple já produziu, o gadget vem desafiando as fábricas que trabalham com a empresa.

Um dos componentes que vem causando mais dor de cabeça é o display, que possui resolução altíssima, alta saturação de cor e alta responsividade. Porém, juntar todas essas características em um único display parece ser um desafio maior do que a Maçã esperava. Por conta disso, a Apple só conseguirá começar a produzir o tablet em larga escala no segundo semestre de 2015.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Como tudo não passa de especulações e rumores, é válido ressaltar que não se sabe ainda se existe de fato um projeto para a fabricação do iPad Pro. No entanto, tudo indica que a Apple vem trabalhando em um novo tablet que pode vir a seguir o mesmo apelo do seu rival Surface, que quer tornar os tablets em dispositivos de trabalho e produtividade.

Além disso, a chegada de um novo modelo de iPad pode impulsionar as vendas do dispositivo que estão em baixa nos três últimos semestres. Segundo o relatório de Kuo, a Apple vendeu mais de 16 milhões de iPads durante o primeiro trimestre do ano, mas esse número caiu com o passar dos meses. Espera-se que o quarto trimestre fiscal resulte na venda de 12,3 milhões de iPads, número menor do que em 2013.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.