Google lança guia em português para alavancar startups de notícias

Google lança guia em português para alavancar startups de notícias

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 17 de Agosto de 2021 às 20h30
Unsplash

A Google News Initiative, programa da empresa para melhorar o jornalismo digital, lançou nesta terça-feira (17) um guia em português de experiências do Startup Lab, programa de mentoria voltado à aceleração de startups de jornalismo. O objetivo do material é, segundo o Google, ajudar empreendedores a lançarem uma startup de notícias digitais de forma "financeiramente viável e jornalisticamente impactante".

O guia é resultado da primeira edição do Startup Lab no Brasil, que contou com dez startups de outubro do ano passado até maio deste ano. Cada empresa recebeu até US$ 20 mil (R$ 105 mil) em financiamento, além de mentoria, treinamento e workshops sobre estratégia, produto, modelo de negócios, vendas e marketing, construção de comunidade e captação de recursos.

As dez empresas e origanizações brasileiras de jornalismo que participaram da iniciativa foram Agência BORI, Agência Tatu, Alma Preta, AzMina, Fervura, São Paulo para Crianças, Galápagos, Núcleo Jornalismo, MyNews e Ponte Jornalismo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Playbook do Google News Initiative para startups (Imagem: Reprodução/Google)

O conteúdo do guia inclui dicas, modelos e outros recursos para novas empresas de notícias, abordando temas como missão, valores, plano de negócios, fontes de financiamento e receita. "Nosso objetivo é quebrar alguns mitos e facilitar a jornada de quem busca criar uma startup de notícias digitais como um negócio sustentável", complementa Fabiana Zanni, coordenadora do Startup Lab no Brasil. O Google promete que o conteúdo do guia será constantemente atualizado.

"Os fundadores mergulharam em questões fundamentais para a operação de suas empresas, como a escolha do melhor modelo de negócio, e foram provocados a pensar o jornalismo além da produção de matérias e reportagens, observando também as demandas do mercado consumidor de informação pelo principal produto do seu trabalho, a notícia", diz Zanni.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.