Voltou! Corel Draw está disponível para o macOS após 18 anos

Por Felipe Ribeiro | 18 de Março de 2019 às 12h20
Corel

Comumente utilizado por designers, os MacBooks e iMacs agora terão de volta mais uma opção para edição e criação imagens e projetos. A empresa canadense Corel anunciou oficialmente a volta do CorelDRAW a estes dispositivos após 18 anos de ausência. Esta mudança vem na atualização de março do software e faz parte de uma estratégia de expansão da companhia que, recentemente, adquiriu o controle acionário da Parallels, marca de software com forte proeminência no universo Apple.

Segundo Fernando Soares, Gerente de Produtos da Corel para o Brasil, a decisão de voltar ao mercado Apple não faz parte apenas de uma política de expansão da marca, mas também de resposta aos pedidos dos profissionais. “É nossa resposta à pressão comunitária”, explica Fernando. “Há uma quantidade notável de usuários de PC que migrou nos últimos anos para Mac, e é dessa comunidade que tem nos chegado um volume expressivo de pedidos para ter o CorelDRAW no macOS", argumenta.

As principais funcionalidades trazidas pela Corel — além das habituais — aos usuários de macOS são:

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
  • Toolkit de design profissional completo: além do tradicional Corel Draw, chegam todos os produtos dentro da gama de softwares, como o Corel PHOTO-PAINT para edição de fotos, o Corel Font Manager para indexar e organizar bibliotecas de fontes, o AfterShot 3 HDR para o processamento de arquivos RAW e o novo CorelDRAW.app para acessar ferramentas de design gráfico praticamente em qualquer lugar
  • LiveSketch: a primeira ferramenta de design gráfico vetorial do mercado baseada em rede neural, a LiveSketch estará disponível no Mac para a produção de desenhos
  • Adaptações para Mac: o CorelDRAW Graphics Suite 2019 para Mac exibe os menus, janelas e visualizações, campos e etiquetas e botões da maneira que os usuários deste sistema estão habituados. Também inclui suporte para o Modo Escuro do macOS Mojave e a Touch Bar do MacBook Pro

A atualização de março também trouxe melhorias para os usuários do Windows, como a correção na janela "objetos", gráficos exportados com bordas nítidas e novos modelos de personalização.

No Brasil, o CorelDRAW 2019 passa a ser comercializado em uma rede nacional com mais de 300 pontos de venda, entre revendedores de produtos de informática, livrarias e lojas de departamento online.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.