Microsoft Teams permitirá colaboração em tempo real

Microsoft Teams permitirá colaboração em tempo real

Por Munique Shih | Editado por Douglas Ciriaco | 25 de Maio de 2022 às 14h21
Divulgação/Microsoft

O Microsoft Teams acaba de trazer o recurso Live Share, que permitirá aos membros de uma video conferência criar e participar de um projeto em conjunto. Com a popularização do trabalho remoto durante a pandemia, a novidade contribuirá com reuniões mais interativas e colaboração em tempo real.

O novo recurso estará disponível em breve por meio de aplicativos que se integram ao Microsoft Teams. Segundo a Microsoft alguns parceiros já testam a ferramenta, alguns deles são as empresas Frame.io, Hexagon, Skillsoft, MakeCode, Accenture, Parabol e Breakthru.

A Hexagon, por exemplo, já desenvolveu um protótipo de aplicativo baseado no Live Share que permite a equipes de engenharia ampliar, anotar e editar modelos 3D em tempo real durante uma sessão no Teams.

O Live Share é uma extensão do compartilhamento de tela e os desenvolvedores poderão integrá-lo em seus aplicativos por meio de extensões no SDK do Teams e do Fluid Framework.

Com o Live Share, será possível trabalhar em um projeto colaborativo em tempo real (Imagem: Reprodução/Microsoft Teams)

O Fluid Framework foi projetado para permitir que os desenvolvedores criem serviços e aplicativos mais compartilháveis e interativos na Web, e a Microsoft tem usado a ferramenta como parte de sua integração de componentes Loop no Teams e no Outlook.

Recursos para facilitar o trabalho remoto

Segundo a Microsoft, o Live Share não deve significar nenhum custo adicional para os desenvolvedores. Recentemente, o Google também apresentou um recurso semelhante em sua conferência I/O, para desenvolvedores — o SDK do Google Meet Live Sharing, que está disponível para devs em versão preview.

Outra novidade trazida pelo Microsoft Teams recentemente foi a integração do quadro branco ao app, que oferece uma experiência de usuário bastante semelhante à do Live Share. O recurso serve como um quadro branco virtual para que os participantes de uma reunião possam fazer anotações, marcar termos-chave e compartilhar ideias com a equipe.

A Microsoft tem investido bastante no campo do trabalho híbrido, com a atualização dos seus sistemas operacionais e suítes de produtividade com foco particular no compartilhamento de documentos e na colaboração com equipes localizadas em diferentes locais físicos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.