Microsoft disponibilizará códigos de 60 mil patentes para ajudar o Linux

Por Rafael Rodrigues da Silva | 10 de Outubro de 2018 às 20h20
Tudo sobre

Microsoft

A Microsoft anunciou nesta quarta (10) que está ingressando na Open Invention Network (OIN), um grupo criado para proteger o Linux de processos por violação de patentes.

Fundada em 2005, a OIN oferece licenças de uso em Linux para cerca de 2.400 empresas, que variam entre desenvolvedores individuais até grandes corporações como a Google e a IBM. Com a entrada da Microsoft na rede, isso significa que mais de 60 mil patentes possuídas pela empresa serão disponibilizadas como código aberto e poderão ser utilizadas pelos membros integrantes da OIN sem a necessidade do pagamento de direitos autorais.

Claro, há exceções sobre as patentes que a Microsoft irá disponibilizar — especificamente, a empresa não deixará abertos os códigos para seu sistema operacional Windows, por motivos óbvios. Mas, de resto, todas as outras patentes de aplicativos e programas ficarão disponíveis para membros da OIN, o que é ótimo para o grupo e mostra uma preocupação relativamente nova da Microsoft para com a questão do software livre.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.