Huawei | Sistema operacional próprio pode ser lançado ainda este ano

Por Felipe Ribeiro | 21 de Maio de 2019 às 22h50
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

A Huawei parece bem "armada" para a guerra comercial contra os Estados Unidos. Há alguns meses, mais precisamente em março, o CEO do grupo de consumidores da Huawei, Richard Yu, disse que tinha um sistema operacional de backup pronto para ser lançado caso não pudesse usar mais o Android por qualquer motivo. Pois bem, parece que esse momento pode estar mais próximo do que imaginávamos.

Na semana passada, quando o Departamento de Comércio dos EUA promulgou uma proibição de importação contra a segunda maior marca de smartphones do mundo, impedindo que milhões de telefones da gigante chinesa recebessem atualizações de software, o alerta foi ligado e, muito embora a proibição tenha sido suspensa até meados de agosto, Yu apresentou um plano de implantação para o sistema operacional de reserva.

O software vem na forma de um sistema operacional unificado que chegará aos telefones, computadores, tablets, televisores, carros, wearables e outros produtos da marca. Ele também funcionará com aplicativos Android e da web. A implantação pode começar no início da primavera no Brasil e ir até o outono, já em 2020.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Emui, máscara da Huawei para o Android, pode "evoluir"/ Imagem: Huawei

A Huawei, em um eventual "plano C", também poderia optar por usar outra base e implementar um sistema temporário, tal qual a BlackBerry fez com o BlackBerry 10S, derivado do Unix. Ainda foi aventada a possibilidade de que esse novo SO da gigante chinesa possa ser aberto.

Logo após as declarações de Yu — que foram feitas para um grupo no WeChat —, um comunicado de imprensa assinado pelo fundador da empresa, Ren Zhengfei, procurou colocar panos quentes para acalmar a animosidade vinda de fãs fervorosos e nacionalistas que abandonaram os produtos da Apple em favor da empresa, dizendo que os 'patriotas não necessariamente usam os produtos da Huawei'.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.