O que é Freemium?

Por Pedro Cipoli

Termo que tem ganhado bastante os holofortes, impulsionado principalmente por smartphones e tablets, o método "Freemium" está se tornando uma excelente fonte de renda para fabricantes de software e produtoras de jogos atualmente. Combinando as expressões "Free" (grátis) com "Premium", essa modalidade permite queu usuários utilizem um determinado programa sem custo algum, mas os recursos mais avançados ficarão disponíveis apenas para quem desejar investir.

Freemium

Esta técnica é muito utilizada pela Glu Mobile em seus jogos para Android, em que o usuário baixa o jogo e vai avançando de fase em fase sem a necessidade de gastar nada. Conforme o game vai ficando mais difícil, recursos como armas especiais, personagens mais fortes ou mesmo veículos mais rápidos e resistentes passam a ser cada vez mais interessantes e só podem ser destravados com a compra de "Glu Coins" no Google Play. Embora não seja absolutamente necessário para fechar o jogo, muitos usuários acabam comprando para melhorar a jogabilidade.

Contract Killer

Neste cenário, tanto consumidor como empresa saem ganhando, pois quem deseja jogar algum game não precisa desembolsar nada, se não desejar. E no caso da empresa, isso diminui muito a pirataria e, consequentemente, aumenta o faturamento, principalmente porque não existe uma versão grátis e outra pirata - e os recursos só podem ser adquiridos de forma online.

Na prática, qualquer software que disponibilize uma versão de testes de 30/60/90 dias pode ser considerava "Fremium", pois libera todos os recursos do programa sem a necessidade de pagamento por um período determinado, como acontece com o Microsoft Office, por exemplo. Porém, essa abordagem não é muito popular entre usuários que se acostumam com o programa e é bastante vulnerável a ação de crackers.

Blood & Glory

Um "programa" bastante popular que muitas pessoas não sabem que existe é o Google Docs pago, sendo uma suite de escritório mais recheada de recursos do que a versão comum. A versão gratuita não expira e a paga pode ter a sua assinatura cancelada a qualquer momento, sendo uma boa fonte de receitas para o Google, vinda principalmente de empresas como a Procter & Gamble, que assinam o serviço.

E você, usuário? Prefere utilizar a versão de testes de um programa ou pagar somente por recursos que desejar? Comente!

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.