Patente da Apple mostra como funcionaria esquema de câmera no Watch

Por Thaís Augusto | 26 de Junho de 2019 às 15h00
Reprodução
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

O Apple Watch é um dos poucos dispositivos da Apple que não tem câmera, mas parece que a empresa quer virar o jogo. Em uma patente divulgada pelo site AppleInsider nesta terça-feira (25), a Apple discute maneiras de adicionar uma câmera ao seu relógio inteligente para que usuários possam tirar fotografias e realizar chamados pelo FaceTime.

O documento de 2016 foi obtido pelo AppleInsider depois de ser publicado pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos e sugere que a primeira solução da Apple é adicionar a câmera na alça da pulseira do Watch, em vez de adicionar o sensor como um componente extra no apertado corpo do relógio.

Na patente mais recente, a pulseira envolve o pulso do usuário e deixa exposta uma pequena faixa equipada com a câmera, que acaba sendo localizada ao lado do visor do Watch. Não é a primeira patente da Apple que sugere a inclusão de uma lente no relógio inteligente, mas é a primeira vez que a câmera não aparece dentro do corpo do dispositivo vestível.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Patente da Apple mostra esquema de câmera no Watch (Foto: Reprodução)

Outra opção é usar um determinado espaço da alça, que fica separada da pulseira que envolve o pulso do usuário, para segurar o sensor da câmera. A lente pode ser "empurrada" em direção ao corpo do Watch quando não estiver em uso.

Em todos os casos, a alça pode ser manipulada para apontar a câmera na direção certa, uma vez que a pulseira é maleável o suficiente para alinhar a foto. Dependendo da configuração da alça, ela pode até ser configurada para que um determinado botão ative a captura da imagem.

Apple estuda colocar câmera retrátil em Watch (Foto: Reprodução)

O documento ainda sugere que mais de um sensor pode ser incluído na pulseira. Assim, usuários podem alternar entre os sensores para mostrar a si mesmos ou os arredores de um local durante uma chamada do FaceTime, ou mesmo para tirar fotos ou gravar vídeos de dois ângulos simultaneamente.

Em outra seção, a Apple propõe o uso de apenas um sensor, mas, neste caso, ele seria articulado para girar ao redor do próprio eixo e conseguir capturar autorretratos e fotos de ambiente. Vale ressaltar que a Apple registra diversas patentes semanalmente e, embora os documentos revelem áreas de interesse da companhia, isso não significa que as ideias sairão do papel.

Fonte: AppleInsider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.