Nova versão do watchOS permitirá deletar apps pré-instalados do Apple Watch

Por Rafael Arbulu | 19 de Junho de 2019 às 18h20
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

O Apple Watch está em vias de ganhar uma novidade interessante para usuários que detestam “afogar” o smartwatch em aplicações não usadas, mas que estavam instaladas por serem desenvolvidas pela própria Apple ou pré-instaladas de parceiros. A partir do watchOS 6.0, será possível apagar tais aplicações, economizando memória, processamento e espaço de armazenamento no dispositivo vestível.

A novidade inclui também os apps first party, ou seja, aqueles criados pela própria Apple, como Alarme, Timer, Cronômetro, Controle Remoto de Câmera, Radio, bem como os apps de saúde, como o ECG e o monitor de ciclos menstruais. Anteriormente, estes apps eram irremovíveis.

Apps first party poderão ser removidos do Apple Watch quando a nova versão do sistema operacional chegar

Por hoje, usuários podem fazer algo parecido, por exemplo, quando eles desinstalam um aplicativo da Apple no iPhone, o que faz com que ele seja simultaneamente removido do Apple Watch. Entretanto, alguns dos apps acima não poderiam ser removidos do relógio pois não havia uma versão deles em outros dispositivos.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O processo será o mesmo: ou o usuário toca e segura o ícone do app na tela do Apple Watch, fazendo-o balançar, e depois clica no “X” que aparecerá; ou então acessar o menu de ajustes do smartwatch e desligar a opção “Mostrar no Apple Watch”.

A versão 6.0 do watchOS deve chegar entre setembro e outubro deste ano, no outono dos Estados Unidos.

Fonte: Techcrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.