Mi band 6: o que esperar da próxima pulseira da Xiaomi

Por Felipe Junqueira | Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Março de 2021 às 19h00
Felipe Junqueira/Canaltech

A Mi Band 5 foi lançada oficialmente em meados de 2020, e sua sucessora parece estar a caminho. Depois de uma atualização modesta da quarta para a quinta geração, a Xiaomi deve finalmente oferecer um bom salto na Mi Band 6, que já começou a aparecer em órgãos reguladores e em vazamentos diversos.

O Canaltech reúne abaixo tudo o que já apareceu na web sobre a suposta smartband da Xiaomi, que deve ser anunciada nos próximos meses. Veja o que esperar da Mi Band 6.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mi Band 6: preço e disponibilidade

Um dispositivo com referência de modelo XMSH15HM, que acredita-se ser a Mi Band 6, já foi certificado em órgãos de diversos países, como no BIS, da Índia, e na Indonesia Telecom. Isso pode indicar que o lançamento não está distante, mas não é possível assegurar que seja nas próximas semanas.

Como a versão global da Mi Band 5 foi lançada em julho, cerca de um mês depois da versão chinesa, é possível que a sucessora apareça um pouco antes. Até agora a Xiaomi não se manifestou oficialmente sobre sua próxima pulseira inteligente.

Com relação ao preço, considerando os possíveis avanços, é muito improvável que a Mi Band 6 chegue ao mercado pelo mesmo valor cobrado pela antecessora. O mais possível é que tenha um aumento considerável. Na Europa, o valor deve ficar entre 35 euros e 40 euros, bem próximo do preço da Mi Band 5 no Velho Continente. O Brasil deve ter aumento significativo principalmente por conta da alta do dólar aliada à inflação.

Mi Band 6: tela e design

Mi Band 5 tem tela de 1,1 polegada eMi Band 4 tem 0,95 polegada; sexta geração pode ser a maior de todas (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

Não há muitas informações sobre o design da nova smartband, mas é possível que a tela aumente de tamanho mais uma vez. De acordo com informações obtidas no aplicativo Zepp, desenvolvido pela Huami, empresa responsável pela Mi Band, a resolução do display deve ser de 152 x 360 (ou 368) pixels, maior que a antecessora nos dois sentidos. A Mi Band 5 tem 126 x 294 pixels, com 1,1 polegada.

De resto, não dá ainda para afirmar nada sobre mudanças ou semelhanças da Mi Band 6 para a geração atual em relação ao visual. O conector magnético para a recarga deve ser mantido, uma vez que foi uma das características mais elogiadas na Mi Band 5.

Mi Band 6: recursos

São pelo menos três novos recursos esperados na Mi Band 6, segundo os rumores: oxímetro, GPS e integração com Alexa. Sim, os mesmos que já eram aguardados na Mi Band 5 e que acabaram ficando de fora da versão global. Desta vez, parece que o sensor de oxigenação do sangue, recurso de localização e a presença da assistente virtual da Amazon finalmente serão liberados pela Xiaomi.

Uma função bastante aguardada e que já foi encontrada em linhas de código é a resposta a mensagens. Ao que tudo indica, a Mi Band 6 finalmente vai oferecer ao menos algumas opções de respostas prontas para o usuário enviar a seus contatos diretamente do pulso. São mensagens como “estou em reunião, responderei mais tarde”, “estou dirigindo, entre em contato comigo mais tarde” e “não posso responder agora, entre em contato comigo mais tarde”.

Mi Band 6 pode ter 30 tipos de atividades (Imagem: Reprodução/Logger)

Além disso, há mais atividades físicas chegando à pulseira inteligente. Dos atuais 11 tipos de exercícios suportados, a nova geração pode pular para o total de 30. A lista completa é a seguinte:

  • Badminton
  • Basquetebol
  • Boliche
  • Boxe
  • Críquete
  • Kickboxing
  • Ginástica indoor
  • Patinação no gelo indoor
  • HIIT (cardio)
  • Treinamento básico
  • Alongamento
  • Stepper
  • Ginástica
  • Pilates
  • Dança de rua
  • Dança
  • Zumba
  • Voleibol
  • Tênis de mesa

Mi Band 6: bateria

Não há nenhum vazamento que mencione a possível caraga de bateria da Mi Band 6 até o momento, mas é possível que a Xiaomi aumente ao menos um pouco para compensar a tela maior.

E aí, está ansioso com o lançamento da Mi Band 6? Quais são suas impressões do dispositivo até agora? O que falta, o que poderia melhorar?

Fonte: GeekDoing, Mukul Sharma

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.