Xiaomi só precisou de 10 minutos para vender 250 mil Redmi Note 4 na Índia

Por Redação | 24 de Janeiro de 2017 às 10h48

A Xiaomi fez nesta segunda-feira (23) o primeiro evento de vendas online do Redmi Note 4 no país. E, para a surpresa de muitos, a empresa precisou de apenas 10 minutos para vender 250 mil unidades do phablet.

Com essa quantidade absurda de aparelhos vendidos, o Redmi Note 4 vendeu três vezes mais que o Redmi 3S e cinco vezes mais que o Redmi Note 3 em seus respectivos dias de lançamento. Resta saber se o gadget vai ter fôlego suficiente para ultrapassar o Redmi Note 3 em total de vendas. Atualmente, o phablet da geração passada é o dispositivo mais vendido no país, tendo batido a marca de 2,3 milhões de aparelhos vendidos seis meses após seu lançamento.

No que depender das especificações e dos preços do Note 4, a marca será ultrapassada com facilidade. Em sua versão mais básica, com 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno, o aparelho está saindo por US$ 147 no mercado indiano; já a versão intermediária, com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, custa US$ 162; enquanto a topo de linha, com 4 GB de memória 64 GB de armazenamento custa US$ 190.

Em todos as variações o modelo vem equipado com SoC Snapdragon 625, display Full HD de 5,5 polegadas, câmera traseira de 13 megapixels, câmera frontal de 5 megapixels, leitor de impressões digitais, bateria com 4.100 mAh de capacidade e Android 6.0 Marshamallow pré-instalado de fábrica.

Fonte: Gadgets360

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.