Sensor biométrico funciona em telas LCD? A Redmi acaba de provar que sim

Por Diego Sousa | 09 de Março de 2020 às 10h45
Reprodução/Google Imagens
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

O CEO da Xiaomi, Lu Weibing, revelou, em uma postagem da rede social Weibo, que a marca Redmi é a primeira a conseguir colocar um sensor biométrico por baixo de uma tela LCD. Até então, dispositivos com esse tipo de sensor utilizavam apenas painéis OLED.

Segundo o comunicado, a Redmi alcançou este feito graças ao uso de um filme infravermelho, que melhora a permeação de luz, dando assim mais possibilidade para o sensor ler as ranhuras das impressões digitais.

Atualmente, uma tela OLED ainda é a solução mais eficaz, já que o painel de diodos orgânicos não possui uma estrutura dedicada para acender todos os pixels, ou seja, há uma camada a menos para o sensor ler a biometria por baixo do painel.

Isso abre um leque de oportunidades às fabricantes, visto que telas OLED em smartphones mais acessíveis não são uma opção por conta do preço elevado.

Ainda segundo o CEO da empresa, em breve já poderemos ver dispositivos móveis mais acessíveis equipados com o novo sensor biométrico, uma vez que a produção em massa da tecnologia está começando.

No entanto, ainda não há uma data de lançamento prevista para o novo sensor biométrico chegar ao mercado, bem como os aparelhos em que estará disponível.

É bem provável, por se tratar da linha Redmi, que a novidade possa estar presente já no próximo Redmi Note 9, visto que uma publicação no Twitter da GadgetsFlix exibe algumas hashtags relacionadas.

Fonte: GadgetsFlix, Weibo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.