Smartphone chinês sobrevive a queda de mais de 31 mil metros

Por Rafael Arbulu | 10 de Junho de 2019 às 14h10
(Captura de Imagem: Rafael Arbulu)

Uma subsidiária da chinesa Vivo, a fabricante de smartphones iQOO submeteu seu aparelho homônimo a um teste feroz de resistência: com a ajuda de um balão de hélio, a empresa içou o smartphone a uma altura de 31.540 metros onde, a todo o tempo do transporte, o dispositivo estava reproduzindo vídeos continuamente.

Os primeiros testes eram focados na bateria e resistência de funções ativas do smartphone, frente a condições climáticas mais rigorosas: mesmo diante de uma temperatura de -56ºC, o celular manteve-se em pleno funcionamento durante a maior parte da experiência. Após atingir a altura desejada, a plataforma com o aparelho soltou-se do balão, iniciando a queda. Um vídeo disposto em um portal na China mostra o teste.

O smartphone Iqoo, da fabricante homônima chinesa, sobreviveu a teste extremo de altura e temperatura

A parte da queda é reproduzida em velocidade acelerada, e não ficou muito claro exatamente onde o aparelho caiu. Especula-se apenas “em algum lugar da China”. A equipe responsável por recuperá-lo teve que utilizar um jipe para encontrá-lo e, diante da verificação, mostrar que o Iqoo teve apenas danos menores no protetor do display e em seus cantos. Fora isso, o smartphone seguia funcionando normalmente.

Falando em suas especificações técnicas, o Iqoo vem com processador Snapdragon 855 da Qualcomm, um display de 6,41 polegadas e bateria de 4.000 mAh de carga, com tecnologia de recarga rápida que a deixa em 100% de capacidade em apenas 45 minutos.

Ainda não se sabe se a fabricante estava conduzindo o teste em caráter oficial, mas a altura disposta supera a atual recordista do Guinness Book: o smartphone Honor 8, da Huawei, despencou de uma altura acima de 18 mil metros em 2016. Para se ter uma ideia de escala, o Monte Everest, o mais alto do planeta, tem “apenas” 8.848 metros.

Fonte: Digital Trends (via 36kr)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.