Samsung irá produzir telas dobráveis para Google, Xiaomi e Vivo em outubro

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 09 de Junho de 2021 às 13h40
Waqar Khan

A Samsung começará, em breve, a produção de displays OLED dobráveis para atender a demandas de três empresas, que podem aumentar a competição no mercado de dispositivos foldable — o Google e as chinesas Vivo e Xiaomi. Esta última, é claro, já lançou seu primeiro celular dobrável, o Mi Mix Fold, mas pode anunciar em breve mais um modelo, com material fornecido pela gigante sul-coreana.

A Samsung está perto de anunciar mais dois modelos de smartphones dobráveis, o Galaxy Z Fold 3 e o Galaxy Z Flip 3. No entanto, segundo rumores, a empresa começará a produção em massa de painéis OLED foldable para o Google, Vivo e Xiaomi já em outubro desse ano. Com isso, é esperado que as três marcas já anunciem seus próprios dispositivos até o final de 2021 ou no começo de 2022.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Alguns portais de mídia sul-coreana apontam que o suposto Google Pixel Fold — o dobrável da Gigante das Buscas — será equipado com uma tela de 7,6 polegadas, ao passo que o celular da Vivo terá um display de 8 polegadas. Por enquanto, não há detalhes sobre o tamanho da tela do smartphone que deve ser produzido pela Xiaomi.

Além das três marcas, a Oppo — que, assim como a Vivo, pertence ao grupo BBK — também teria optado por adotar as telas OLED dobráveis da Samsung. A chinesa já apresentou alguns protótipos com materiais fornecidos pela BOE, Visionox e pela própria sul-coreana, mas os rumores sugerem que a Samsung será, de fato, a escolhida para a produção dos displays.

Fonte: SamMobile

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.