Qualcomm não lançará seu próprio celular gamer, garante CEO

Por Diego Sousa | 02 de Dezembro de 2020 às 16h40
Asus
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

Em outubro deste ano, surgiram rumores de que a Qualcomm estaria planejando lançar sua própria linha de celulares gamer em parceria com a taiwanesa ASUS. As especulações foram desmentidas nesta quarta-feira (2) pelo próprio presidente da empresa, Cristiano Amon, em coletiva para a imprensa durante a conferência Snapdragon Tech Summit Digital 2020.

Em resposta a um jornalista, o executivo disse que a Qualcomm constrói apenas dispositivos de referência, que são utilizados para exibir a empresas parceiras e imprensa o que suas novas soluções são capazes de fazer. "É isso que continuaremos fazendo", afirmou.

Por exemplo, a companhia norte-americana de chips enviou recentemente um aparelho de testes para o youtuber de tecnologia Mrwhosetheboss com o novo chip Snapdragon 888, mas ele não pertence a nenhuma fabricante e também não será comercializado — até por isso que design não é dos mais agradáveis e inovadores. Confira a seguir o vídeo em que o smartphone aparece:

"Não mudaremos nosso modelo de negócios e não faremos smartphones por quaisquer outros motivos, exceto para demonstrações de tecnologia", concluiu Amon.

O Snapdragon 888 foi oficializado nesta terça-feira (1º) como o primeiro chip da Qualcomm produzido na litografia de 5 nanômetros. Em resumo, o processador promete até 25% mais desempenho em relação ao Snapdragon 865, além de GPU que renderiza gráficos até 30% mais rápido e resposta ao toque até 20% mais precisa. Confira todas as principais características e especificações técnicas do Snapdragon 888:

O primeiro smartphone do mundo equipado com o novo chip da Qualcomm deve ser o Mi 11 da Xiaomi, segundo o próprio CEO da marca. Ele tem previsão de lançamento ainda para este mês de dezembro, provavelmente devido ao lançamento antecipado do Galaxy S21 para janeiro, que também deve trazer a plataforma nas versões norte-americana e sul-coreana.

Outras fabricantes, como Realme, Lenovo, ASUS, Oppo, OnePlus, vivo, LG, Motorola, Nubia, Meizu e ZTE também foram confirmadas como parceiras da Qualcomm nessa nova geração — conheça todas as companhias confirmadas até o momento.

Fonte: TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.