Patentes sugerem que Intel está trabalhando em um smartphone 360º

Por Felipe Ribeiro | 19 de Maio de 2019 às 17h23
Intel/ Divulgação
Tudo sobre

Intel

Saiba tudo sobre Intel

Ver mais

A Intel dispensa apresentações. Embora conhecida por seus processadores, placas-mãe, softwares e outros componentes de computador, a empresa ainda caminha com timidez no mercado de smartphones, ficando restrita à produção de chips e modems. Isso, porém, pode estar mudando.

O portal holandês Let's Go Digital obteve duas patentes registradas pela Intel no WIPO (World Intellectual Property Office) que revelam uma dupla de smartphones chamada de "dispositivos móveis multi-câmera". Os papéis foram publicados em 14 de maio de 2019.

A primeira patente mostra dois smartphones da Intel. O primeiro modelo tem tela cheia, com nenhuma borda visível nos dois lados. A câmera selfie está integrada no display e sua posição é bem perceptível, já que é colocada um pouco fora do centro. Nas partes superior e inferior, vemos uma borda de tela muito fina.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Imagem: Let's Go Digital

Se olharmos para a parte de trás do smartphone da Intel, também veremos uma tela, com disposição bem parecida com a que citamos acima. Embora alguns smartphones tenham sido apresentados agora com uma tela dobrável, normalmente vemos que a câmera selfie não é usada em tal caso. No caso desse modelo da Intel, as selfies também podem ser feitas com a câmera principal.

A razão para toda essa mistura, por assim dizer, fica clara a partir do logotipo que é colocado na parte de baixo na traseira: "360˚ Intel". A empresa lançou a tecnologia de replay de 360 º no final de 2016, que é muito utilizada nos eventos esportivos NFL e La Liga. Não sabemos se há alguma ligação com esse serviço mas, curiosamente, as patentes para estes aparelhos foram requeridas no mesmo ano.

Imagem: Let's Go Digital

Em termos de design, o segundo modelo corresponde amplamente ao primeiro discutido. Aqui, no entanto, a câmera não é colocada na tela, mas no painel superior. Nenhuma borda da tela é visível na parte inferior e nas laterais. A câmera também está um pouco fora do centro nesse design. Desta vez não há exibição na traseira do gadget — que traz a logo da Intel de 360˚. Parece óbvio que a câmera frontal e traseira trabalham juntas para gravar imagens de 360˚.

Notavelmente, não vemos nenhum botão físico em nenhum dos modelos. Isso, obviamente, tem a ver com os lados arredondados. A tela chega tão longe que não há estrutura de metal para processar botões físicos. Também não há portas ou conexões visíveis para, por exemplo, o carregador.

Já vimos isso recentemente com a Meizu, que lançou o Zero, o primeiro smartphone do mundo que possui apenas botões virtuais com feedback tátil. Possivelmente, a Intel deseja escolher o mesmo tipo de solução.

Um segundo modelo, agora, com botões

A segunda patente da Intel consiste em 10 imagens de um outro smartphone. Uma borda de tela muito estreita é visível ao redor do aparelho, com o lado esquerdo oferecendo espaço para dois botões físicos de ajuste de volume.

Tal qual na primeira patente, é possível ver um design de tela cheia em que a câmera selfie é incorporada na tela, porém, bem no meio. A traseira oferece espaço para uma câmera dupla, colocadas nos cantos superior esquerdo e direito. Como a parte traseira é ligeiramente curva, as duas lentes estão em um ângulo extra grande, permitindo que as imagens capturadas sejam bem amplas, na teoria. Este smartphone Intel também viria com o logotipo "Intel 360˚".

Imagem: Let's Go Digital

Além disso, este modelo de telefone também tem uma tela na parte traseira. A parte superior consiste em uma superfície de tela, que se estende para os lados. O alto-falante é colocado na parte superior e inferior do dispositivo. Está faltando uma conexão para o carregador, assim como na primeira patente.

Não há mais detalhes sobre esses aparelhos, mas é possível que vejamos a Intel embarcando no mercado de smartphones com celulares próprios em breve.

Fonte: Let's Go Digital (Em holandês)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.