OnePlus garante que manterá OxygenOS em seus celulares após fusão com a Oppo

OnePlus garante que manterá OxygenOS em seus celulares após fusão com a Oppo

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 18 de Junho de 2021 às 09h20
Divulgação/OnePlus

Os celulares da OnePlus lançados para o mercado global continuarão com a OxygenOS instalada mesmo após a fusão com a Oppo, de acordo com uma declaração oficial da empresa. Na última quarta-feira (16), a companhia revelou a união das duas marcas — que pertencem ao grupo chinês BBK Electronics, assim como Vivo e Realme — para trabalharem no desenvolvimento de celulares.

O comunicado foi feito após as duas empresas notarem um bom resultado da união das equipes de Pesquisa e Desenvolvimento das marcas, que já tinha sido feita há alguns meses. Agora, Oppo e OnePlus terão uma integração maior de suas equipes.

Com essa notícia, surgiu uma dúvida entre os fãs da OnePlus sobre qual seria o destino da OxygenOS — a interface personalizada da empresa, que é desenvolvida com base no Android. Um dos rumores que começaram a circular é de que a versão global dos eletrônicos seria desenvolvida com a ColorOS — versão usada nos aparelhos da Oppo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

É importante destacar, também, que outra especulação que surgiu foi a possibilidade de as versões globais receberem um tratamento similar ao que acontece com os celulares da OnePlus na China. Os smartphones comercializados oficialmente no país de origem da empresa chegam com uma interface modificada da OxygenOS, que é batizada de HydrogenOS. Esta versão, porém, não conta com serviços do Google, como Gmail, Maps, Play Store e outros.

No entanto, a companhia frisou, logo após o anúncio, que não haverá qualquer mudança do gênero para seus celulares, e os modelos globais da OnePlus continuarão com a OxygenOS normalmente. É válido lembrar, porém, que o mesmo não pode acontecer com a versão chinesa, já que a própria marca anunciou, no começo desse ano, que a ColorOS pode, de fato, ser utilizada nas versões locais dos celulares.

O CEO da marca também declarou que essa fusão não mudará nada para o OnePlus, em um sentido final. Confira um trecho da declaração do empresário:

Quanto à marca OnePlus – continuaremos operando de forma independente, focados em fornecer os melhores produtos e experiência possíveis, como sempre fizemos. Continuaremos lançando produtos OnePlus, realizando eventos (espero que pessoalmente em breve) e nos engajando diretamente com vocês para feedback através dos mesmos canais OnePlus de antes. O compromisso da OnePlus com vocês permanece o mesmo.

Fonte: MySmartPrice

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.