Novos Mate 20 e Mate 20 Pro da Huawei têm 3 câmeras e bateria robusta

Por Wagner Wakka | 16 de Outubro de 2018 às 15h04
Divulgação/Huawei
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mate 20 Pro

Ficha técnica

A Huawei finalmente apresentou seu Mate 20 e o Mate 20 Pro confirmando alguns rumores sobre o aparelho. Os novos smartphones da fabricante chinesa foram apresentados em evento em Londres nesta terça (16) e chegam com conjunto triplo de câmeras na parte de trás, sensor de digital sob a tela e bateria bem robusta.

As três lentes traseiras talvez sejam o rumor mais interessante confirmado pela companhia, mostrando que há uma nova tendência nos flagships em focar nos efeitos de fotos. Há uma diferença, contudo, entre os dois modelos.

O Mate 20 carrega um sensor principal de 16 MP, uma grande angular de 12 MP e uma teleobjetiva com zoom de 2x e 8 MP. Já a versão Pro chega com uma lente principal de 40 MP, uma grande angular com 20 MP, bem com uma tele de 8 MP, mas com capacidade de zoom de 3X. Todas as lentes de ambos os modelos são produzidas em parceria com a Leica.

Isso permite que eles ofereçam o modo Super HDR, sistema que tira várias fotos automaticamente em diferentes configurações e monta uma versão editada só com as melhores partes de cada imagem. O conjunto garante que o dispositivo consiga fazer boas fotos, mesmo em condições com pouca luminosidade.

Aparelho chega com três lentes traseiras (Foto: Divulgação/Huawei)

Especificações

Na parte de dentro, ambos aparelhos chegam parrudos e iguais. O processador é um Octa-core Kirin 980, acompanhado de 6 GB de RAM e robustos 128 GB de armazenamento, expansíveis por cartão de memória.

Destaque também para a bateria, sobretudo da versão Pro. O modelo mais básico chega com 4000 mAh e não oferece carregamento wireless. Já o topo de linha oferece um pouquinho mais: 4200 mAh e carregamento sem fio.

O Mate 20 Pro ainda tem uma bateria tão robusta que é capaz de carregar outros dispositivos compatíveis com sistema sem fio, somente aproximando outro smartphone na parte de trás do Mate 20 Pro. A Huawei também anunciou que o carregador de 40W por USB-C é capaz de carregar 70% da bateria em 30 minutos.

Pro carrega outros dispositivos por aproximação (Foto: Divulgação/Huawei)

Tela

Ambos modelos da empresa trazem o famigerado notch na parte de cima, para a câmera frontal, nos dois modelos. Contudo, o Pro tem um notch levemente mais grosso por conta da capacidade de reconhecimento facial do aparelho. Ambos têm espaço para leitura de digital sob a tela.

Outra diferença está no tamanho e definição. O Mate 20 padrão tem 6,53 polegadas com definição em 1080p. Já o Pro carrega uma tela um bocado menor, de 6,39 polegadas, mas com definição em 1440p. Ambos têm capacidade de vídeos em HDR e tela em OLED.

A câmera frontal do Pro ainda oferece uma série de sensores, como de proximidade, luz ambiente e leitura facial, que pode ser convertida também em Emojis, 3D.

Aparelho tem notch na parte de cima com capacidade de leitura facial (Foto: Divulgação/Huawei)

Assim como os novos iPhones, o Mate 20 Pro não tem entrada de 3,5mm, aquela padrão para fone de ouvido. Ou seja, compartilha do mesmo USB-C para ouvir música, por um adaptador que já vem no conjunto. Em contrapartida, o Mate 20 padrão mantém a entrada.

Sistemas operacionais

O Mate 20 Pro carrega uma versão do sistema da Huawei já baseado no Android 9 Pie. Contudo, há um destaque aqui: ele chega com um sistema de conexão em projetores sem fio, sendo também compatível com mouse e teclado. Em comparação, é algo parecido com o que a Samsung faz com seu DeX para as versões do Galaxy S9 e o Note 9.

Quanto custa essa brincadeira? O Mate 20 tem duas configurações: a de 4 GB RAM + 128 GB de armazenamento sai por US$ 925, enquanto a 6 GB RAM + 128 GB de armazenamento custa US$ 980. Tais modelos serão lançados somente no mercado europeu em 16 de outubro, nas cores verde, azul, rosa, dourada e preta.

Já o Pro, com os mesmos 6 GB RAM + 128 GB, sai por US$ 1.215. Este chega apenas em 26 de outubro, também só para o mercado europeu.

Fonte: Huawei

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.