Qual iPhone tem a melhor bateria?

Qual iPhone tem a melhor bateria?

Por Jucyber | Editado por Léo Müller | 02 de Agosto de 2021 às 10h00
Ellem Monike/Canaltech

A Apple nem sempre teve uma boa reputação quanto à bateria de seus iPhones. Porém, nos últimos anos os celulares da Maçã têm recebido aprimoramentos consideráveis na autonomia.

Dessa forma, comprar uma power bank para carregar o iPhone algumas vezes ao dia deixou de ser uma preocupação latente dos usuários.

Mas se você está pensando em comprar um novo iPhone e não quer correr o risco de ficar com um celular que dura pouco, acompanhe este artigo com a gente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Vamos escolher o melhor iPhone para comprar neste ano se você pretende passar muitas horas com o celular longe da tomada, apontando fatores que podem influenciar na autonomia e indicando a opção mais coerente.

Como fizemos a seleção de iPhones

A nossa lista tem como objetivo comparar somente os modelos da Apple que ainda valem a pena. Além disso, filtramos os aparelhos custo-benefício com boa autonomia em cada geração.

Vale lembrar que esta lista será atualizada com frequência, objetivando inserir lançamentos ou remover aparelhos que foram indicados anteriormente e não fazem mais sentido após alguns anos.

Desde 2018, a bateria se tornou uma característica atrativa na compra dos iPhones. Isso se deve aos aprimoramentos de hardware feitos pela Apple no chipset, focando na administração energética mais eficaz.

A empresa também realizou otimizações no iOS com o propósito de influenciar na usabilidade de aplicativos e no quanto eles consomem carga em segundo plano. Além disso, aumentou a capacidade da bateria para aproximar a autonomia dos smartphones com Android.

Melhor iPhone em autonomia de bateria em 2021

Assim que falamos a respeito do iPhone com melhor bateria, a linha Pro ainda é a melhor alternativa. Essas versões têm uma capacidade energética maior, e isso influencia na durabilidade.

Sendo assim, a nossa indicação para quem quer ter uma autonomia melhor é o iPhone 11 Pro Max. Ele é o modelo ideal por ter uma capacidade energética maior e o desempenho geral não fica tão distante do sucessor.

Outra boa escolha nesse estilo seria o iPhone 12 Pro Max, uma vez que essa versão recente tende a entregar diversos aprimoramentos em relação ao antecessor. No entanto, é preciso fazer algumas ponderações antes de “bater o martelo”.

O iPhone 12 Pro Max realmente tem um consumo de bateria equilibrado, já que o chipset A14 Bionic recebeu diversos aprimoramentos para compensar o corte que a bateria sofreu em relação ao 11 Pro Max.

Comparando a capacidade dos dois modelos, o iPhone 12 Pro Max possui 3687 mAh, enquanto o 11 Pro Max tem 3969 mAh. A diferença de 282 mAh não aparece muito no uso prático, e a maioria pode escolher a versão mais recente por ser o mais premium da marca.

No entanto, além de ter otimizado a CPU com o objetivo de fazer a autonomia ser melhor, a Apple mudou a litografia do hardware de 7 nm para 5 nm. Com essa alteração, a empresa colocou mais transistores focados em desempenho, afetando negativamente o consumo de bateria.

Considerando o uso da energia do celular para navegar entre aplicativos no dia a dia e assistir a vídeos em streaming, provavelmente essa diferença não vai ser sentida com tanta clareza por quem deseja fazer o upgrade.

Entretanto, jogar exige um pouco mais da performance. Com isso, a exploração de todos os núcleos de desempenho influencia na drenagem da bateria e reduz o tempo de uso, colocando, mais uma vez, o iPhone 11 Pro Max como destaque.

Vale pontuar que o carregamento “rápido” do iPhone 11 Pro Max é um pouco mais lento — com 18 W —, e encontrar esse modelo nas lojas está um pouco mais difícil, pois a Apple parou de comercializar o celular no país.

Porém, quem está em busca de um celular da Maçã que entrega a autonomia desejada em um celular topo de linha grande e potente, pode escolher o 11 Pro Max sem medo de errar.

iPhone com melhor autonomia de bateria para o dia a dia

A Apple não possui um bom histórico de preços atrativos aqui no Brasil. Todavia, cada geração tem uma versão “mais barata” e com autonomia interessante, alcançando o público que prefere modelos compactos e com bateria competente.

Considerando as especificações de bateria, os iPhone XR e iPhone 11 ganhariam do iPhone 12. Porém, no uso prático, a Apple mostra que as otimizações do A14 Bionic fazem sentido no aparelho mais recente.

Apesar de não ser o mais compacto da geração dele, o iPhone 12 ainda é considerado por muitos usuários como a versão “custo-benefício” de 2020. E isso se deve ao fato dele ser o sucessor direto do iPhone 11, outro modelo da Apple com grande destaque em bateria.

De acordo com os nossos testes, um usuário normal — que navega por redes sociais, joga casualmente e assiste algumas séries em streaming — consegue usar o iPhone 12 por um tempo estimado de 8 horas de tela ligada. Os iPhones XR e iPhone 11 ficam um pouco abaixo disso.

Segundo o editor do Canaltech — Léo Müller — a bateria do iPhone 12 dele dura quase dois dias longe das tomadas quando o uso é muito básico. Isso explorando apenas aplicativos populares no dia a dia, como WhatsApp e TikTok, que são acessados na conexão WiFi.

Quando se trata de um uso mais completo, envolvendo câmera e mais tempo de tela, o celular ainda dura um dia tranquilo, com uma sobra de 30% ou 20% de carga na hora de dormir.

Por este motivo, o modelo lançado em 2020 é o “barato” da Apple que faz mais sentido com foco em bateria. Porém, quem quiser economizar um pouco e pegar o iPhone XR, não se decepcionará com a autonomia e gastará menos do que comprando o iPhone 11, que tem desempenho energético semelhante ao do XR.

iPhone barato com melhor autonomia de bateria

Na hipótese de você estar em busca de um iPhone que seja mais flexível em autonomia e preço, a Apple tem poucas alternativas, mas que são competentes.

O celular que mais se destaca nesse quesito é o iPhone XR, mesmo que já tenha alguns anos de mercado. A capacidade da bateria desse modelo, 2942 mAh, ainda permite que o uso seja proveitoso considerando que o gasto do seu processador e tela não são tão elevados.

Na hipótese de optar pelo iPhone XR por ser o mais “barato” da lista, você perderá para os concorrentes em tempo de tela. Porém, se o uso é moderado, ele pode fazer sentido.

Sendo assim, a experiência de uso será positivo para o gosto e bolso, já que o ganho energético nas versões mais recentes não justifica o preço quase duplicado. Comprar iPhone não é uma tarefa fácil, principalmente com foco em bateria, mas agora você tem uma noção dos diferenciais a serem considerados no momento da escolha. Aproveita!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.