Linha Honor 50 deve suportar carregamento rápido de 100 watts

Linha Honor 50 deve suportar carregamento rápido de 100 watts

Por Gustavo de Lima Inacio | Editado por Wallace Moté | 27 de Maio de 2021 às 11h40
Reprodução/Honor

A Huawei ainda enfrenta problemas com o governo dos Estados Unidos, sendo impossibilitada de fazer acordos e negociações com as marcas americanas. Isso valia também para a Honor até recentemente, até que a marca foi vendida para um grupo de investimentos e conseguiu o direito de fazer acordos comerciais sem os embargos impostos para a sua antiga empresa-mãe.

Em breve, ela deve trazer ao mundo sua nova série de dispositivos topo de linha, com a chegada dos Honor 50, Honor 50 Pro e Honor 50 Pro+. O modelo mais caro deve trazer, entre outros diferenciais, o processador Qualcomm Snapdragon 888. Pelo visto, ele terá ainda suporte a carregamento rápido de 100 watts, cujo carregador teve imagem vazada.

(Imagem: Reprodução/Weibo)

Aparentemente ele será o único da linha com suporte a um carregamento tão rápido, com os irmãos Honor 50 e Honor 50 Pro suportando "apenas" 66 watts. Além disso, os dois mais simples devem contar com o chipset Snapdragon 778G, anunciado recentemente pela Qualcomm. Supostamente, o tal carregador de 100 watts deve estar presente na caixa do Honor 50 Pro+, indo na contramão da tendência atual do mercado.

Marca vai reorganizar seus produtos

O leaker Teme, conhecido como @RODENT950 no Twitter, apontou que toda a linha de produtos da Honor deve ser repensada. A marca teria apenas uma família de produtos premium, por exemplo.

Segundo ele, os topo de linha premium serão os da família Magic, enquanto os intermediários premium serão os que possuem números no nome, como o próprio Honor 50. Os intermediários mais simples devem ficar por conta da série X, e os modelos de entrada devem ficar dentro do nome Play. As linhas Honor V e Honor Note devem ser abandonadas pela fabricante.

Seja como for, a nova linha Honor 50 deve ser apresentada já no próximo mês de junho. Então fique de olho aqui no Canaltech para não perder nenhuma novidade.

Fonte: Weibo, GSMArena, Twitter, Android World

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.