LG pode reposicionar linha G como intermediário no G9 ThinQ

Por Felipe Junqueira | 23 de Março de 2020 às 13h10
Reprodução/Android Authority
Tudo sobre

LG

Saiba tudo sobre LG

Ver mais

A LG deve mudar a estratégia de suas linhas de smartphone este ano. A companhia, que já apresentou o V60 ThinQ como seu topo de linha, teria decidido cortar custos e incluir um hardware um pouco menos poderoso no G9 ThinQ, garantem fontes do site Mydrivers.com.

O dispositivo, que deve ser lançado ainda em março, segundo a publicação, chegaria a mais de US$ 1.000 lá fora, de acordo com avaliação da própria LG. A empresa acredita que, por esse preço, o consumidor daria preferência aos dispositivos da Apple ou Samsung.

Para atingir um mercado maior, a sul-coreana pode usar o Snapdragon 765G, posicionando o aparelho na categoria dos intermediários premium. Não há informações sobre o possível preço, mas pode ser algo na faixa do Nokia 8.3 5G, que custa € 599 (cerca de R$ 3.300). Para isso, também podem ser feitos outros cortes nos custos do dispositivo, mas não estão claros exatamente quais seriam.

Mesmo com o chipset intermediário, o G9 ThinQ não ficaria devendo muito aos smartphones topo de linha, enquanto compete em preço com dispositivos bem mais em conta. O Snapdragon 765G tem suporte ao 5G, é fabricado com processo de 7 nm e traz processador de oito núcleos com arquitetura Kryo 475 e chip gráfico Adreno 620. Não chega à potência de um Snapdragon 865, mas entrega desempenho suficiente para a maior parte dos usuários.

Renderização mostra suposto G9 ThinQ com P2 e quatro câmeras na traseira (Foto: Reprodução/OnLeaks)

Em janeiro, foram divulgadas supostas renderizações do dispositivo, com entrada para fone de ouvido e câmera traseira quádrupla.

A LG pode apresentar o G9 ThinQ ainda em março, em transmissão via internet, mas ainda não há nenhuma confirmação sobre isso.

Fonte: Mydrivers.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.