Jornalista russo vaza novas informações sobre o Galaxy Note 9

Por Redação | 29 de Junho de 2018 às 17h28
photo_camera Phone Arena
TUDO SOBRE

Galaxy Note

Depois de ser confirmado acidentalmente no início da semana, eis que uma nova falha de segurança traz detalhes adicionais sobre o vindouro Galaxy Note 9. Dessa vez a fonte foi Eldar Murtazin, conhecido repórter de tecnologia russo que, aparentemente, tem efetuado testes no aparelho ao longo dos últimos dois meses.

As impressões iniciais de Murtazin parecem consistentes, confirmando boa parte das atualizações já esperadas para o modelo, a começar pelo design. Segundo o repórter, o Note 9 é praticamente idêntico ao seu antecessor no que se refere ao visual – apesar de o leitor de impressões digitais ter sido deslocado na parte posterior, ficando agora mais para baixo em relação às lentes e...  ainda fora da tela.

Há novidades ligadas às funções fotográficas também. Diferentemente do padrão apresentado no Galaxy S9 Plus, o Note 9 traz duas lentes traseiras horizontais. Além disso, Murtazin afirma que o tratamento das imagens promovidas por software melhorou consideravelmente quando comparado ao do Note 8 – apresentando melhorias de qualidade e estabilização ótica. Nada relacionado à (anteriormente problemática) câmera frontal foi comentado, entretanto.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Bateria para 25 horas de vídeo

Uma das principais bandeiras da linha Note sempre foi a autonomia. Isso não apenas deve se manter no Galaxy Note 9 como ainda deve ser impressionantemente expandido. Nos testes conduzidos por Murtazin, o aparelho foi capaz de exibir vídeos por 25 horas seguidas com o brilho da tela no máximo.

Naturalmente, isso traz um revés considerável: um smartphone mais pesado do que o seu antecessor. Afinal, o aparelho vem recheado por uma bateria parruda de 4 mil mAh – projetada para aguentar até dois dias de uso normal.

Mais memória, mais armazenamento

O repórter menciona ainda ganhos de memória RAM, com um modelo base de 6 GB expansível até 8 GB, e também de armazenamento interno, com versões de 128 GB, 256 GB e 512 GB (embora não se saiba ainda se esse padrão será o mesmo em todos os mercados). Segundo ele, essas configurações foram capazes de garantir um funcionamento bastante consistente do aparelho durante os testes.

Por fim, Murtazin falou também de numa S Pen totalmente renovada, com suporte para Bluetooth e maior precisão, além de novos Emojis de realidade aumentada (AR), a serem disponibilizados após o lançamento. Resta agora imaginar qual será o espaço ocupado pelo que é, em última análise, uma atualização do Note 8; isso em um ecossistema que tem no horizonte um Galaxy S10 de aniversário, além de outros aparelhos de peso que devem compor a linha da Samsung para 2019.

Fonte: Mobile Review

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.