iPhone XR vs iPhone 11: qual vale a pena comprar?

iPhone XR vs iPhone 11: qual vale a pena comprar?

Por Fábio Jordan | Editado por Léo Müller | 29 de Setembro de 2021 às 14h40
Erick Teixeira/Canaltech

Com a chegada do iPhone 13, a Apple decidiu aposentar o iPhone XR de uma vez por todas. Ao mesmo tempo, a própria fabricante colocou o iPhone 11 como uma das principais opções para os usuários que buscam seus celulares com preços mais em conta. No entanto, nesta batalha de iPhone XR vs iPhone 11 há muitas dúvidas que devem dificultar a sua escolha.

É claro que a retirada do iPhone XR da jogada (que, por sinal, foi um dos celulares mais vendidos da marca) inevitavelmente vai implicar em mudanças significativas nos estoques das lojas, já que a Apple simplesmente vai parar de fabricar novas unidades do iPhone XR, ou seja, o que há disponível no mercado é o fim de uma família de aparelhos.

Tal movimento por parte da Apple pode resultar em alterações nos preços do iPhone XR e do iPhone 11, já que eles disputam espaço numa faixa de valor muito parecida. E quando falamos em variações nos preços, isto pode ser algo tanto para cima quanto para baixo, pois cada loja pode trabalhar essa questão para tentar chamar a atenção do consumidor de forma diferente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

No entanto, antes de pensarmos em valores, é bom revisarmos as principais características desses dois celulares muito desejados, já que é importante avaliar se estes modelos satisfazem suas necessidades. Assim, ao final deste artigo, vamos tentar responder: iPhone XR vs iPhone 11, qual vale a pena comprar em 2021?

iPhone XR vs iPhone 11: Design e tela

O primeiro tópico que devemos esclarecer é o design dos aparelhos, afinal eles pertencem a duas gerações distintas e, portanto, devem ter diferenças claras no visual, certo? Errado! A verdade é que, se olharmos puramente para as medidas, não podemos encontrar sequer uma alteração milimétrica.

Com as mesmas dimensões na largura, altura e profundidade, o iPhone XR e o iPhone 11 parecem irmãos gêmeos. O peso também é exatamente o mesmo, o que nos leva a crer que a Apple usou um mesmo projeto para um barateamento na produção. Seja como for, a verdade é que você terá a mesma sensação na pegada com um ou com outro.

Entretanto, é preciso pontuar que há algumas diferenças de hardware que resultam em mudanças externas. Ainda que não haja um impacta diretamente nos corpos dos produtos, as configurações distintas de câmeras resultam em pequenas alterações na parte traseira desses modelos, já que o iPhone 11 tem uma área maior para a câmera.

A composição em alumínio espacial e as proteções de vidro na parte da frente e de trás garantem um acabamento idêntico nos dois modelos. A disponibilidade de cores é um pouco distinta, com o iPhone XR disponível nas variantes azul, branca, preta, amarela, laranja e vermelha; enquanto o iPhone 11 pode ser encontrado nas cores roxa, amarela, verde, preta, branca e vermelho. Vale notar que os tons de amarelo são diferentes.

Na área frontal, os dois aparelhos têm o mesmo espaçamento ao redor do display e tela Liquid Retina HD. Os displays do tipo IPS de 6,1 polegadas têm especificações idênticas: resolução de 828x1792 pixels e definição de 326 pixels por polegada. Ambos são compatíveis com True Tone, ampla tonalidade de cores (P3), brilho máximo de até 625 nits e contraste de 1.400:1.

Na prática, isso significa que, seja o iPhone XR ou o iPhone 11, a experiência geral no sistema é totalmente igual nos dois produtos, já que, com a mesma resolução e mesmo tamanho de tela, os conteúdos são exibidos de forma idêntica. Os ajustes de brilho e contraste garantem os mesmos resultados para todas as situações de uso.

iPhone 11 vs iPhone XR: hardware e câmeras

As diferenças reais entre o iPhone XR e o iPhone 11 começam a aparecer no interior dos produtos, já que eles são de família distintas. O iPhone XR foi lançado em 2018 com o chipset Apple A12 Bionic, enquanto o iPhone 11 foi lançado em 2019 já com o novo Apple A13 Bionic. Os dois contam com CPU de 6 núcleos e GPU de 4 núcleos, porém outras especificações sugerem mudanças reais de uma geração para outra.

Em termos técnicos, os núcleos de alto desempenho do iPhone 11 computam mais cálculos por segundo, graças ao clock que atinge 2,66 GHz – contra 2,49 GHz dos núcleos mais fortes do iPhone XR. De acordo com a Apple, a diferença é de até 20% na performance com uma economia de energia que chega a 40% em casos específicos.

A diferença real no dia a dia é mínima, uma vez que até mesmo versões mais antigas do iPhone trabalham com o iOS de forma otimizada e gerenciam dezenas de apps sem dificuldades. Nos jogos, o iPhone 11 pode ter alguma vantagem para os títulos mais recentes, o que permite executar gráficos mais avançados em jogos com esse tipo de configuração.

Outro fator importante para o desempenho geral é a quantidade de memória RAM. Enquanto o iPhone XR tem 3 GB, o iPhone 11 é equipado com 4 GB. Na prática, essa diferença de memória dá uma boa folga para que o usuário mantenha vários apps abertos em segundo plano e não note dificuldades na transição dos programas e jogos.

Em conectividade, tanto o iPhone XR quanto o iPhone 11 usam conexões 4G e trazem similaridades no interior para o uso doméstico, já que os dois têm Bluetooth 5.0. Contudo, o iPhone 11 se destaca pela compatibilidade com WiFi 802.11ax (também conhecido como WiFi 6) e a presença do Apple U1, o chip de banda ultralarga para reconhecimento espacial.

Nas câmeras, enquanto o iPhone XR conta com apenas uma lente grande-angular de 12 MP com abertura f/1.8, o iPhone 11 tem essa mesma lente combinada com uma ultra-angular também de 12 MP e com abertura f/2.4. Na prática, obviamente o iPhone 11 é mais versátil, já que ele pode registrar fotos de cenários e usar zoom out.

Ambos produzem fotos com qualidade muito similar, mas o iPhone 11 leva vantagem por ter um processador de imagem mais avançado, que permite usar o Modo Noite e também recursos de inteligência artificial com o Deep Fusion, incluindo a aplicação de mais efeitos no modo retrato. O iPhone 11 ainda tem nova geração do HDR e a função QuickTake de vídeos.

A câmera frontal do iPhone XR usa sensor de 7 MP com abertura f/2.2; já o iPhone 11 tem uma lente frontal de 12 MP também com abertura f/2.2. Com tal configuração, o iPhone 11 faz fotos de melhor resolução e grava vídeos em 4K, enquanto o iPhone XR faz vídeos em 1080p.

iPhone XR vs iPhone 11: bateria e preços

Outro ponto importante para analisar é a autonomia de bateria, um ponto que geralmente é muito criticado nos aparelhos da Apple. No caso desses dois modelos, você pode ficar tranquilo, pois os resultados para uso intensivo são promissores em ambos. Segundo os dados oficiais, o iPhone XR reproduz até 16 horas de vídeo e o iPhone 11 até 17 horas.

A Apple nunca revela as especificações de bateria, mas basta uma consulta rápida no Google para descobrirmos os números. O iPhone XR tem bateria de 2.942 mAh, enquanto o iPhone 11 tem bateria de 3.110 mAh. Tal acréscimo na bateria somado ao fato de que o novo processador é mais eficiente leva à superioridade no iPhone 11.

Em nossos testes, a bateria do iPhone XR aguentou 14 horas em teste de streaming com o aplicativo Netflix, portanto o iPhone 11 pode garantir ainda mais tempo nas mesmas condições. Assim, os dois são ótimos para quem busca um iPhone que tenha energia de sobra para o dia todo, já que tarefas mais simples consomem menos energia e podem levar a tempos ainda melhores de autonomia de bateria.

Finalmente, chegamos a questão do preço, que pode variar muito conforme a época, a loja e o modelo que você pretende comprar, afinal há variantes com diferentes capacidades de armazenamento para os dois produtos. O iPhone XR está disponível em versões de 64 GB e 128 GB, enquanto o iPhone 11 tem essas duas opções e ainda uma terceira com 256 GB.

Após o lançamento do iPhone 13, o iPhone XR de 64 GB podia ser encontrado em promoções com valores variando de R$ 3.000 a R$ 3.300. Já o iPhone 11 de 64 GB estava disponível na faixa dos R$ 3.600 a R$ 3.900.

Esta diferença de 600 reais entre o iPhone XR e o iPhone 11 é justificada pela câmera adicional e pela bateria aprimorada no iPhone 11. Tais recursos já seriam suficientes para indicarmos o iPhone 11 como a principal escolha, porém ainda temos que levar em conta que o iPhone 11 é mais recente e deve receber mais updates no longo prazo, sendo a escolha mais lógica.

Gostou da dica? Então, aproveite para comprar o seu iPhone favorito em promoção:

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.