Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

iPhone 15 Pro Max é mais caro de fabricar por chip A17 Pro, câmeras e titânio

Por| Editado por Wallace Moté | 09 de Novembro de 2023 às 15h27

Link copiado!

Apple
Apple

Uma nova pesquisa feita pela firma de análise Counterpoint Research detalha a estimativa de custo de produção do iPhone 15 Pro Max, revelando que o smartphone pode custar cerca US$ 40 (ou quase R$ 200) a mais que o antecessor pelo uso do novo processador, das câmeras atualizadas e do inédito corpo em titânio — e ainda assim a Apple, tecnicamente, não repassou o custo para consumidores.

A análise detalha que o novo chipset A17 Pro é o item mais caro dentro de um iPhone 15 Pro Max, com o módulo de câmera tripla estando logo atrás e o acabamento de titânio elevando ainda mais o custo de fabricação.

Para contornar o aumento dos valores, a Apple conseguiu reduzir custos em memória, conectividade, tela e outros componentes internos.

Continua após a publicidade

No final, a mudança em custo de produção do iPhone 14 Pro Max para o iPhone 15 Pro Max pode ser de US$ 37,70, ou cerca de R$ 184 em conversão.

Para a Counterpoint Research, o uso do primeiro processador de 3 nanômetros (para maior desempenho e menor consumo de energia) representa o maior impacto no aumento do custo de fabricação.

A estreia da câmera tetraprisma para zoom óptico de 5x é outro ponto levantado, uma vez que a avançada solução proprietária da Apple permite fotos e vídeos de maior qualidade sem perda de resolução.

Por fim, a estreia do corpo de titânio na linha profissional pode ter ajudado a diminuir o peso final do smartphone, mas o uso do material pouco comum entre smartphones chega a um valor mais elevado.

O mesmo preço. Tecnicamente.

Vale notar que, embora a Apple tenha decidido deixar de vender o iPhone 15 Pro Max na opção de 128 GB, podemos afirmar tecnicamente que o smartphone não teve mudança de preço em comparação com o ano anterior.

Continua após a publicidade

Isso porque o iPhone 15 Pro Max de 256 GB se mantém no valor de US$ 1.199 nos Estados Unidos, mesmo custo do iPhone 14 Pro Max de 256 GB.

Entretanto, a afirmação não se sustenta pelo fato de não existir um modelo de US$ 1.099 com 128 GB. Dessa forma, o preço inicial do smartphone é, de fato, maior que o preço inicial do smartphone lançado no ano anterior.

Fonte: Counterpoint Research