iPhone 13 deve ser lançado em setembro, aposta analista

Por Diego Sousa | Editado por Wallace Moté | 22 de Março de 2021 às 15h40
Reprodução/Apple

O ano de 2020 foi atípico para muitas empresas, principalmente à Apple, que viu o iPhone 12 atrasar em um mês, consequência dos problemas na cadeia de suprimentos causados pela pandemia de COVID-19. No entanto, com a situação se normalizando em muitos países, parece que a nova geração do iPhone deve voltar ao mês de lançamento tradicional da Maçã.

Segundo informações do analista da Wedbush, Daniel Ives, o iPhone 13 (nome não oficial) deve ser lançado durante a terceira semana de setembro, embora o início das vendas deva ficar apenas para começo de outubro devido a "possíveis ajustes dos modelos".

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Desde 2011, com o lançamento do iPhone 4s, a Apple usa o mês de setembro para oficializar as novas gerações da sua linha principal — com exceção do iPhone 12, que chegou em outubro. Inclusive, os meses de setembro e outubro são uns dos mais esperados do ano quando o assunto são celulares; além da oficialização dos novos iPhones, acontece a IFA Berlin, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo.

Lançamento do iPhone 13 ocorreu em outubro (Imagem: Reprodução/Apple)

Infelizmente, ainda não há muitas informações sobre o iPhone 13, mas espera-se que a Apple apresente quatro modelos da linha, assim como aconteceu com o iPhone 12, todos com modo Always-on Display e ímãs mais fortes para o MagSafe. Além disso, o conjunto de câmeras pode ter um aprimoramento pontual neste ano, principalmente no sensor ultrawide.

Além disso, a nova geração pode marcar a estreia de um iPhone com 1 TB de armazenamento interno, o que seria uma grande novidade para os usuários da Maçã, já que nenhuma modelo de iPhone possui suporte para cartão de memória — no entanto, é claro que o dobro de armazenamento interno pode resultar em preços ainda mais inacessíveis para muitas pessoas.

O analista acredita que serão produzidos 25% a mais de unidades do iPhone 13 quando comparado à geração atual, provavelmente devido a abertura dos mercados e normalização da cadeia de suprimentos. Além disso, acredita-se que a procura por iPhones compatíveis com 5G continuará mais forte nos próximos meses.

Review do iPhone 12

Fonte: 9To5mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.