iPhone 12 terá bateria menor, 5G e nada de tela 120 Hz, diz analista

Por Felipe Junqueira | 14 de Setembro de 2020 às 16h30
Tran Mau Tri Tam/Pixabay
Tudo sobre

Saiba tudo sobre iPhone 12 mini

Ficha técnica

Nesta terça-feira (15), a Apple tem um evento para apresentar novos produtos para os fãs de tecnologia. De acordo com o analista Ming-Chi Kuo, uma das mais bem informadas fontes no que diz respeito à Maçã, a empresa vai anunciar um novo Apple Watch e modelos do iPad, mas, ainda assim, ele traz informações sobre o iPhone 12 — que não deve dar as caras amanhã.

Em um relatório para investidores, Kuo fala brevemente sobre os novos dispositivos a serem apresentados amanhã e depois relata alguns detalhes sobre a nova linha de celulares, que aparentemente ficou para outubro. O analista avisa, porém, que não devemos esperar uma tela de 120 Hz, e a razão para isso é a bateria.

Kuo acredita que todos os modelos do linha iPhone 12 terão bateria menor do que os modelos do ano passado. Como a Apple possivelmente incluirá suporte ao 5G em todos, o consumode energia deve aumentar um pouco, e a empresa optou por manter a tela em 60 Hz para não reduzir demais a autonomia longe da tomada.

Falando em 5G, o analista acredita que a Apple vai lançar versões com suporte apenas ao sub-6 GHz para alguns mercados e versões com mmWave 5G e sub-6 GHz para outros. A produção em massa da primeira versão começa em outubro para o iPhone 12, meados de outubro para o iPhone 12 Max e final de outubro para os iPhone 12 Pro e 12 Pro Max.

Outro detalhe abordado no relatório é a questão do notch, que só deve diminuir um pouco na versão de 5,4 polegadas do iPhone 12, de modo a garantir espaço suficiente para a barra de status no aparelho. Os outros modelos devem trazer recorte no mesmo tamanho dos antecessores.

Apple Watch Series 6 e iPad Air

Anúncio do evento fala que "o tempo voa", indicando relógio como astro principal (Imagem: Divulgação/Apple)

Sobre o novo relógio, Kuo acredita que a leitura do nível de oxigênio no sangue (oxímetro) finalmente deve ser um dos recursos presentes. De resto, o dispositivo tem poucas mudanças, e mantém o visual do antecessor, além de ter a produção em massa prevista para meados de setembro.

Já o iPad Air deve substituir o Face ID pelo Touch ID novamente, agora no botão lateral, recurso que deve ser levado a outros modelos do tablet da Maçã em 2021. O analista não deu muitos detalhes sobre essa mudança, no entanto.

O evento da Apple está marcado para terça-feira (15), às 14h (em Brasília). O Canaltech fará cobertura e trará todos os detalhes dos produtos apresentados, então fique de olho aqui no site.

Fonte: 9To5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.