Intel explica que USB Tipo-C é muito melhor que conector 3,5 mm para áudio

Por Redação | 23.08.2016 às 23:55

O fim dos fones de ouvido com conectores 3,5 mm para smartphones parece estar próximo. Os rumores de que o próximo iPhone será lançado sem o tradicional conector, além da chegada do Moto Z, que possui apenas uma conexão USB Tipo-C, ajudam a reforçar que as fabricantes de smartphones começam a considerar um novo padrão de áudio para seus dispositivos. Atualmente, o USB Tipo-C já é utilizado em vários dispositivos, como Samsung Galaxy Note 7, OnePlus 3, Google Nexus 6P, Chromebooks Pixel e MacBooks.

Durante o Intel Developer Forum (IDF), dois arquitetos da empresa explicaram o motivo das fabricantes começarem a adotar o USB Tipo-C como conector de áudio e descontinuarem o uso do conector 3,5 mm. Rahman Ismail e Brad Saunders afirmam que a nova conexão traria melhorias consideráveis à qualidade sonora, bem como mais autonomia aos smartphones. Para Saunders, as fabricantes precisam apenas alterar algumas normas do USB Tipo-C para que ele seja realmente "o conector certo para áudio".

A ideia é fazer com que os consumidores comecem a adotar o USB Tipo-C como conector padrão em seus dispositivos, inclusive para utilizarem fones de ouvido. No entanto, sem os conectores 3,5 mm, os usuários seriam obrigados a adquirir adaptadores ou comprar fones de ouvido com saída USB Tipo-C ou sem fio, visto que estes acessórios poderiam não vir junto com os smartphones.

USB Tipo-C x 3.5 mm

Apesar disso, para os arquitetos da Intel os benefícios de se optar por uma norma atualizada do USB Tipo-C ajudariam na adoção mais rápida do mercado. Ao eliminar o conector 3,5 mm, as fabricantes não precisariam equipar seus dispositivos com hardware analógico necessário para circuitos digitais, permitindo assim que os aparelhos fiquem mais finos e leves. Além disso, o USB Tipo-C tornaria o som muito mais agradável e com maior fidelidade, incluindo efeitos mais profissionais e um melhor cancelamento de ruído.

Outra vantagem destacada por Ismail e Saunders quanto à adesão do USB C como conector de áudio é o gerenciamento de energia "granular", que permitiria que o sistema desligasse o microfone do aparelho enquanto o usuário estivesse utilizando apenas os fones de ouvido para música, garantindo uma redução no consumo de energia.

Durante o IDF, a Intel também revelou um novo tipo de padrão de vídeo que pode ser incorporado ao USB C. Ainda que a novidade não substitua o HDMI, ela seria "boa o suficiente para fazer o trabalho de produtividade ou para assistir a filmes", explicou Ismail. Além disso, a norma atualizada da conexão inclui suporte à autenticação do dispositivo para melhorar a segurança, que será apresentada ainda neste ano.

Via: CNET