Infinix Note 10 Pro chega ao Brasil com boa memória e performance em jogos

Infinix Note 10 Pro chega ao Brasil com boa memória e performance em jogos

Por Redação | 25 de Novembro de 2021 às 12h00 PUBLIEDITORIAL
Divulgação/Infinix

A Infinix finalmente chegou ao mercado brasileiro de smartphones e apresentou seu primeiro produto para o país: o Infinix Note 10 Pro. O celular chega ao país com um preço bastante atrativo e uma boa combinação de hardware e memória generosa, principalmente para quem busca um aparelho para jogos.

A marca embarca no país em parceria com a Positivo Tecnologia, que será responsável pela produção e distribuição dos aparelhos. As unidades serão fabricadas no Polo Industrial de Manaus, garantindo um ponto estratégico para a distribuição do telefone pelo país.

Hardware com boa performance gamer

Infinix Note 10 Pro tem visual em dois tons e hardware potente (Imagem: Divulgação/Infinix)

O Infinix Note 10 Pro é equipado pela plataforma MediaTek Helio G95 — chipset gamer que conta com dois núcleos Cortex-A76 de desempenho com frequência de 2,05 GHz e mais seis Cortex-A55 de 2,00 GHz. Já o processamento gráfico fica por conta da GPU Mali-G76. Isso permite que o aparelho aproveite de toda uma suíte de soluções para melhorar a experiência em jogos, garantindo gameplay fluido mesmo em títulos mais pesados.

Para atrair o público brasileiro, que busca cada vez mais armazenamento interno dentro do aparelho para salvar fotos, vídeos, músicas e baixar aplicativos, o Infinix Note 10 Pro chega com duas combinações, sendo que a versão de entrada já possui 128 GB de armazenamento e a mais avançada tem 256 GB, mais do que muito celular que custa até 3 vezes mais. Ambas as edições são combinadas com 8 GB de memória RAM, para garantir uma melhor fluidez na hora de realizar funções multitarefas com o celular.

Essas configurações já fazem do aparelho uma boa opção para quem quer um dispositivo gamer, mas ele também é capaz de impressionar o público geral. O Infinix Note 10 Pro possui um conjunto quádruplo de câmeras traseiras, com um sensor principal de 64 MP com inteligência artificial (AI) para garantir fotos nítidas em todo tipo de ambiente, um ultrawide para ajudar a enquadrar cenas mais amplas sem precisar dar aquele passo para trás, e sensores macro e de profundidade de campo para ampliar as opções de fotos e vídeos.

Para selfies, o dispositivo conta com uma lente grande angular de 16 MP com gravação de vídeo em Full HD, garantindo boa qualidade em seus posts no Instagram e vídeos no TikTok.

A tela é outro atrativo do aparelho, que conta com um painel IPS LCD de 6,95 polegadas com resolução de 1080 x 2460 pixels e taxa de atualização adaptativa de 90 Hz. Isso quer dizer que o usuário pode alternar entre 60 Hz — para economizar mais bateria ao realizar funções que não exigem tanto do display — ou 90 Hz, opção mais indicada para jogos, por exemplo. O celular também permite uma alternância automática entre os dois modos, para que você não precise se preocupar em ficar mudando manualmente.

Para tornar a experiência ao jogar e assistir vídeos ainda melhor, o Infinix Note 10 Pro conta com alto-falantes duplos com tecnologia DTS, garantindo som mais imersivo e encorpado.

Design sofisticado e premium

Infinix Note 10 Pro chega em duas opções de cores (Imagem: Divulgação/Infinix)

Em relação ao visual, o Infinix Note 10 Pro chega ao mercado brasileiro com um design premium — ele tem uma tela grande com um pequeno recorte em forma de furo centralizado no display para abrigar a câmera frontal — configurações ideais para permitir um aproveitamento maior do painel frontal.

O dispositivo conta com bordas finas e, na traseira, um módulo retangular posicionado no canto superior esquerdo dá espaço para o conjunto quádruplo de câmeras. O celular ainda tem um acabamento em dois tons na parte de trás na edição na cor preta, enquanto a branca possui uma coloração única e brilhante, que apresenta variados tons de acordo com a incidência de luz. O logo da marca fica posicionado na vertical no canto inferior esquerdo do painel traseiro, de forma discreta e elegante.

Na lateral direita, o telefone conta com um botão power — que integra o sensor de impressões digitais para autenticação biométrica e rápido desbloqueio — e as teclas para controlar o volume. Já na esquerda, é possível encontrar a gaveta de SIM Card. Embaixo, o Infinix Note 10 Pro possui um alto-falante, uma entrada USB-C para carregamento e transferência de dados, um conector para fones de ouvido de 3,5 mm e um microfone.

Interface customizada com Android 11

Infinix Note 10 Pro tem quatro câmeras traseiras (Imagem: Divulgação/Infinix)

O Infinix Note 10 Pro chega às lojas com o Android 11 de fábrica. O sistema operacional do Google é instalado sob a XOS 7.6.0 — interface personalizada da marca que traz várias funções exclusivas e uma navegação mais intuitiva. O celular já conta com alguns aplicativos nativos instalados, que são úteis para melhorar a forma como o usuário acessa determinadas funções do aparelho.

O Game Zone, por exemplo, pode reunir todos os apps de jogos instalados no smartphone. Dessa forma, o usuário pode encontrar todos seus games de forma mais rápida em uma única e intuitiva plataforma. Por ele, também é possível configurar o modo como recebe notificações durante as partidas, para não ser interrompido ou para visualizar um pequeno pop-up na tela do game.

Além disso, a interface de jogos também conta com um modo de “antidependência”, que permite que o usuário ative uma opção para ser notificado sempre que estiver jogando por muito tempo, para lembrar de fazer uma pausa quando necessário.

Outra vantagem é que o Infinix Note 10 Pro possui um “Modo Infantil”, para os pais determinarem quais aplicativos seus filhos podem acessar no aparelho e definir um limite de tempo para que os pequenos naveguem no celular. Dessa forma, o uso fica limitado apenas ao modo como os pais definiram.

Outra função interessante no smartphone é a presença de um “Alerta de Furto”, que emite um sinal sonoro sempre que o telefone é desconectado do carregador. Dessa forma, caso alguém tente pegar seu celular enquanto carrega no trabalho ou em algum local público, por exemplo, o dispositivo irá tocar um alarme alto até que seja desbloqueado com a digital ou senha definida pelo usuário.

Unboxing com kit completo

Painel frontal tem tela de ponta a ponta, com pequeno furo para câmera de selfies (Imagem: Divulgação/Infinix)

Dentro da caixa do Infinix Note 10 Pro o usuário recebe tudo o que precisa junto com o celular e mais um pouco. O conjunto de venda oficial do aparelho no Brasil inclui, além do próprio smartphone, um carregador de parede com potência de 33 W e um cabo USB-C para carregamento e transferência de dados. Com isso a bateria de 5.000 mAh será preenchida muito mais rápido, garantindo 2 horas de jogos com apenas 5 minutos na tomada e um tempo de espera de até 49 dias.

A embalagem ainda conta com uma capa protetora de silicone flexível, uma película de vidro, um fone de ouvido intrauricular com fio, um guia rápido de instruções e a ferramenta para remoção da gaveta de SIM Card — que conta com um slot dedicado para cartão micro SD e duas entradas para chips de operadora.

Preço e disponibilidade

Infinix Note 10 Pro vem com película e capa protetora na caixa (Imagem: Divulgação/Infinix)

O Infinix Note 10 Pro chega ao mercado brasileiro com preço sugerido de R$ 1.499 na variante com 128 GB e R$ 1.699 na versão com 256 GB. O aparelho é vendido no site oficial da marca por meio do endereço meuinfinix.com.br e também pode ser encontrado nas lojas físicas do grupo Via Varejo, como Casas Bahia, Ponto e Extra, além de também ser comercializado pela operadora Vivo.

O consumidor que comprar o Infinix Note 10 Pro no mercado brasileiro ainda conta com a vantagem de ter dois anos de garantia pela fabricante, dando uma paz de espírito extra para aproveitar o celular sem se preocupar. O Infinix Note 10 Pro pode ser encontrado nas lojas nas cores branco e preto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.