Huawei pode adiar lançamento da série P50, afirma jornal chinês

Por Diego Sousa | 20 de Fevereiro de 2021 às 12h00
Reprodução

Em meio a incertezas sobre o futuro das linhas de celulares premium da Huawei, uma fornecedora da marca chinesa afirmou que a série P50 chegará ao mercado ainda no primeiro semestre deste ano, mas não no período esperado. As informações são do site chinês ITHome.

Segundo reportagem de uma jornal local, uma das fabricantes que produzem peças à Huawei revelou que tem feito, sim, componentes para a nova geração da linha P, mas os pedidos foram bem menores do que nos anos anteriores. Além disso, a fonte disse que lançamento dos aparelhos pode ser adiado.

As declarações reforçam informações recentes de que a companhia chinesa teria pedido aos fornecedores para reduzirem pela metade a produção de peças para celular. De acordo com fontes da cadeia de produção, a notificação seria para produzir componentes para cerca de 70 e 80 milhões de aparelhos em 2021, uma queda de mais de 60% em relação à 2020.

O motivo, é claro, não foi especificado, mas é bastante provável que esteja relacionado às sanções impostas contra a Huawei pelo governo norte-americano — desde setembro do ano passado, a fabricante chinesa ficou impedida de adquirir peças e tecnologias norte-americanas, e isso dificultou a produção dos seus smartphones premium.

Aos trancos e barrancos

Apesar das dificuldades, fontes da indústria chinesa revelaram que a série P50 está pronta para produção em massa. Assim como a geração passada, serão três modelos, sendo o P50 padrão, o P50 Pro e o P50 Pro+. Como acontece em cada lançamento da família topo de linha, a Huawei dará destaque para o conjunto de câmeras, a qualidade de exibição da tela e os recursos de inteligência artificial.

Rumores mais recentes indicaram que o P50 padrão seria equipado com o processador Kirin 9000E, versão levemente inferior ao Kirin 9000, que deve fazer parte dos modelos mais potentes. Ambos são construídos no processo de 5 nanômetros (nm), possuem modem 5G integrado e velocidades de até 3,13 GHz, com diferenças apenas nos núcleos da GPU (24 cores no Kirin 9000 e 22 cores no 9000E).

Com relação à tela, os três teriam aspectos curvos, mas o P50 Pro+ traria o chamado Quad Curved Display de 6,8 polegadas, enquanto o P50 Pro seria equipado com o já conhecido Waterfall Display de 6,6'' do Mate 40. O P50 tradicional seria o mais "básico" dos três, com uma leve curvatura nas laterais e 6,2'' de tela.

(Imagem: Reprodução/Gizchina)

Quanto ao lançamento, um popular informante do mercado asiático revelou recentemente que os aparelhos seriam lançados na última semana de março, mas com a informação do adiamento, não se sabe mais quando eles chegarão às lojas.

Vale lembrar que a Huawei tem um evento marcado para o próximo dia 22, quando apresentará a nova geração de celulares dobráveis da marca, o Mate X2. Portanto, continue acompanhando o Canaltech para não perder nenhuma novidade!

Teste de câmera do Huawei P40 Pro+

Fonte: ITHome (chinês)  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.