Honor deve abandonar dependência da Huawei já no próximo lançamento

Honor deve abandonar dependência da Huawei já no próximo lançamento

Por Diego Sousa | 07 de Dezembro de 2020 às 10h40
Honor / Huawei

Primeiro lançamento da Honor após a sua separação da Huawei, a série V40 deve ser equipada com chipsets da MediaTek em vez de HiSilicon ou Qualcomm. Os celulares de ponta da ex-submarca da chinesa estavam previstos para este ano, mas foram adiados para o começo de 2021, dizem rumores.

A mudança já havia sido "adiantada" pelo presidente do Departamento Comercial da Honor, Zhao Ming, em maio deste ano. Na época, quando ainda não tínhamos informações da venda da marca à Shenzhen Zhixin New Information Technology, o executivo disse que "o futuro dos chipsets Kirin nos modelos da Honor era incerto".

Provavelmente, na ocasião, Ming estaria se referindo às recentes sanções do governo dos Estados Unidos a favor do bloqueio no fornecimento global de chips para a HiSilicon, que afetaria diretamente a cadeia de produção da Honor enquanto submarca da Huawei.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Agora independente, Honor pretende equipar seus celulares com chipsets da MediaTek (Foto: Divulgação/Honor)

Embora a mudança não seja exatamente uma surpresa, já que o futuro da Huawei no mercado de smartphones realmente continua incerto, vale lembrar que Honor e MediaTek já possuíam uma relação cooperativa no passado. Ou seja, apesar de sua antiga dona ter conseguido licença para negociar com Qualcomm e Samsung, por exemplo, a Honor, agora independente, teria a possibildade de escolher.

De acordo com o informante Digital Chat Station, uma versão da série V40 baseada na plataforma Kirin 9000, que equipa a linha Mate 40, estaria sendo desenvolvida, apesar de rumores de que o estoque dos chips estaria limitado, mas esse modelo teria sido cancelado.

Espera-se que os novos celulares da Honor contem com o novo chip de 6 nanômetros (nm) da MediaTek, que recentemente foi flagrado com pontuação superior ao Snapdragon 865, ou o Dimensity 1000+ 5G, anunciado em maio deste ano. O lançamento dos aparelhos está previsto para acontecer já em janeiro do ano que vem.

Fonte: Digital Chat Station  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.