HMD obtém o primeiro trimestre lucrativo de sua história

Por Rubens Eishima | 31 de Março de 2020 às 14h00
HMD Global

A HMD Global – casa dos telefones Nokia – anunciou seu balanço financeiro para o ano de 2019 e, apesar do prejuízo no decorrer do ano, a empresa alcançou o primeiro trimestre lucrativo no último quarto de 2019.

O resultado aconteceu na métrica do EBIT, ou seja, antes de levar em consideração os juros e impostos pagos no período, mas veio em meio a uma série de transformações nos bastidores da empresa.

No primeiro semestre de 2019, a HMD Global adotou uma estratégia de múltiplas parcerias para a fabricação de seus aparelhos. Até então, os modelos com a marca Nokia eram fabricados pela FIH Mobile, subsidiária da fabricante Foxconn que comprou antigas fábricas de celulares da Nokia em posse da Microsoft Mobile.

Tem notícia ruim, também

Apesar do resultado positivo, a empresa teve uma queda na venda de smartphones de 41% na comparação entre os quartos trimestres de 2018 e 2019, segundo a consultoria CounterPoint. Ao comparar a venda de smarts entre os dois anos completos, a queda foi de 27%.

Caso os números se mantenham nos próximos balanços periódicos, a decisão de diversificar a produção de aparelhos pode ter se mostrado acertada, com uma maior margem de lucro para cada aparelho fabricado e vendido.

Fonte: NokiaPowerUser via GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.