Google Pixel 7 e 7 Pro têm primeiros detalhes anunciados

Google Pixel 7 e 7 Pro têm primeiros detalhes anunciados

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 11 de Maio de 2022 às 16h31
Reprodução/Google

Entre uma série de anúncios surpresa durante o IO 2022, o Google divulgou os primeiros detalhes do Pixel 7 e 7 Pro, próximos smartphones premium da gigante das buscas.

Seguindo a fórmula bem recebida da sexta geração da linha, os aparelhos estreiam no final de 2022 com chip proprietário da empresa, visual refinado e mais minimalista, além de Android 13 de fábrica.

Linha Pixel 7 recebe primeiros detalhes

O Google decidiu seguir a estratégia que adotou com o Pixel 6 no ano passado ao introduzir antecipadamente a família Pixel 7, trazendo as primeiras informações dos modelos tradicional e Pro durante a abertura do IO 2022.

As mudanças já começam pelo design, ainda mais minimalista e refinado que o modelo atual, trazendo cores uniformes nos painéis de vidro da traseira e estendendo a estrutura de alumínio por todo o módulo de câmeras.

A linha Google Pixel 7 estreia no final do ano com visual refinado e novas opções de cores (Imagem: Google)

Os dispositivos parecem mais arredondados, e agora trazem cores mais sóbrias, incluindo Obsidian (preto), Snow (branco) e Lemongrass (verde-claro) para o Pixel 7, e Obsidian, Snow e Hazel (verde-oliva) para o Pixel 7 Pro. Os novos tons de verde chamam atenção por adotar tonalidade bronze esverdeada por toda a estrutura de metal.

Detalhes das câmeras não chegaram a ser anunciados, mas a empresa decidiu manter o modelo padrão com dois sensores, enquanto a variante Pro oferece três lentes, com uma delas aparentemente oferecendo zoom óptico por periscópio.

Caso mantenha o método de gerações anteriores, há grandes chances de esses serem os mesmos sensores do Pixel 6, havendo maior foco em otimizar a performance de fotos e vídeos através de software mais inteligente.

Aparelho estreia com novo Tensor e Android 13

O Google também confirmou que a família Pixel 7 será equipada com a segunda geração do Tensor, chip proprietário da companhia desenvolvido e fabricado em parceria com a Samsung.

A plataforma ainda não teve informações divulgadas, e pouco se sabe por vazamentos — os rumores indicam apenas que a gigante sul-coreana deve continuar sendo a fornecedora do componente.

O último detalhe revelado durante a apresentação é a presença de Android 13 de fábrica, oferecendo os novos recursos anunciados hoje, como melhorias na linguagem de design Material You e nos widgets da tela de bloqueio, bem como controles mais completos de privacidade e idiomas do sistema.

A linha Google Pixel 7 estreia durante o outono norte-americano, entre os meses de setembro e dezembro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.