Galaxy S10 tem desbloqueio facial burlado com fotos e vídeos

Por Wellington Arruda | 06 de Março de 2019 às 16h20
Joyce Macedo / Canaltech
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy S10

Ficha técnica

Um dos grandes atrativos do recém-lançado Galaxy S10 é o seu display. São três tamanhos para cada variante: 5,8” no S10e, 6,1” no S10 e 6,4” no S10+. Para garantir a segurança, a Samsung traz, nos modelos S10 e S10+, um leitor biométrico ultrassônico sob o painel, e no S10e o leitor biométrico capacitivo fica na lateral. E, dentro dessas camadas de segurança, a companhia ainda adiciona o leitor facial em todos eles — que não trazem mais aquele leitor de íris por falta de espaço, aparentemente, e também por ser pouco funcional no uso rotineiro.

Quem se habilitar a usar o reconhecimento facial dos novos Galaxy S10 também vai encontrar praticidade e velocidade com o recurso. No entanto, o sistema de segurança de qualquer um dos três modelos pode ser burlado usando um vídeo simples do rosto cadastrado.

Aqui no Canaltech nós estamos testando os novos Galaxy S10 e conseguimos fazer o desbloqueio deles utilizando um vídeo gravado com um celular. Com o recurso, a Samsung faz uma leitura 2D do rosto usando a câmera de selfie. No começo de janeiro, vimos também que uma série de smartphones foram “reprovados” com seus sistemas de reconhecimento facial.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A grande questão sobre o desbloqueio facial é que uma solução mais segura requer um certo espaço físico na área frontal para que mais sensores sejam adicionados. Como o S10 usa apenas a câmera frontal, ela não garante uma camada de proteção eficaz contra esse tipo de "hack".

Nos ajustes do celular, encontramos uma opção chamada “Reconhecimento mais rápido”, que quando desabilitada pode evitar que uma foto ou vídeo façam o desbloqueio do aparelho. Mesmo com essa função desligada, os novos celulares da Samsung podem facilmente ser enganados: basta apenas um vídeo.

Veja a prova:

O que fazer, então? Bem, se você pretende adquirir algum dos novos Galaxy S10, recomendamos fortemente utilizar apenas o leitor de digitais, além das opões tradicionais de PIN, senhas e padrões do Android.

No caso do desbloqueio por facial, nitidamente há uma falha de segurança que, inclusive, é advertida pela Samsung no menu de configurações: “O reconhecimento facial melhora a velocidade, mas reduz a segurança, aumentando a possibilidade de um vídeo ou de uma imagem ser reconhecida incorretamente como o seu rosto.

Como reportado também pelo SmartWorld.it, os novos dispositivos da Samsung podem ter o desbloqueio facial burlado com uma foto. O portal alemão mobiFlip.de também alertou no Twitter há alguns dias que a camada de segurança falha com uma foto do rosto do usuário. Nas unidades do S10, S10+ e S10e testadas pelo Canaltech, o desbloqueio “indevido” pôde ser feito utilizando apenas vídeos, mas não fotos.

Os novos Galaxy S10 serão anunciados no Brasil no próximo dia 12 de março. Eles não tiveram seus preços oficiais divulgados pela companhia, mas nos EUA a versão base de cada modelo tem custo de US$ 750 (S10e), US$ 900 (S10) e US$ 1.000 (S10+).

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Galaxy S10

  • Carrefour
    Smartphone Samsung Galaxy S10 128GB Azul 4G Tela 6.1 ´ Câmera Tripla 16MP Selfie 10MP Dual Chip Android 9.0 5666260
    R$ 3.599,00 em 10x R$449,88 sem juros
  • Carrefour
    Smartphone Samsung Galaxy S10 128GB Preto 4G Tela 6.1 ´ Câmera Tripla 16MP Selfie 10MP Dual Chip Android 9.0 5666279
    R$ 3.599,00 em 10x R$449,88 sem juros
  • Carrefour
    Smartphone Samsung Galaxy S10 128GB Branco 4G Tela 6.1 ´ Câmera Tripla 16MP Selfie 10MP Dual Chip Android 9.0 5666287
    R$ 3.599,00 em 10x R$449,88 sem juros