Comunicação por satélite dos novos iPhones deve ser somente para emergências

Comunicação por satélite dos novos iPhones deve ser somente para emergências

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 31 de Agosto de 2021 às 16h09
Imagem: Apple Tomorrow

Na última segunda-feira (30), o analista Ming-Chi Kuo divulgou que a linha iPhone 13 poderá trazer um recurso para chamadas telefônicas sem a necessidade de uma rede 4G ou 5G disponível. Porém, informações do Bloomberg indicam que a função será limitada a situações de emergência, como acidentes de avião, naufrágios ou eventos climáticos extremos, como grandes enchentes ou terremotos.

Segundo informado, duas ferramentas de comunicação via satélite podem chegar aos iPhones 13. A primeira função, chamada de Mensagem de Emergência via Satéllite poderá ser integrada ao aplicativo iMessage, como uma terceira via de comunicação entre dispositivos — as duas outras são o SMS e o próprio iMessage — em mensagens caraterizadas pelo fundo cinza, e não verde ou azul.

Já a outra possibilidade, de codinome Stewie dentro da Apple (Stewie Inside Apple) contará com mensagens mais curtas de envio automático, que chegam a um contato pré-selecionado mesmo que o aparelho do destinatário esteja no modo não perturbe. É possível que o serviço também dê suporte a chamadas de voz.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Aparelho poderá fazer chamadas sem rede celular, mas somente para emergências (Imagem: Renders By Ian)

Além disso, os novos recursos da Apple podem contar com algum tipo de integração junto a hospitais e outros serviços de emergência com informações do aplicativo de Saúde, como histórico médico, tipo sanguíneo, dados de altura e peso, entre outros.

Apesar de os novos iPhones provavelmente já virem com o hardware necessário para a tecnologia — no caso, um modem Qualcomm X60 customizado — é improvável que o serviço já esteja disponível na época de lançamento dos novos aparelhos da Apple. Além disso, como ainda está em fase de desenvolvimento, mudanças podem ser feitas e até mesmo um cancelamento completo do projeto não está fora de questão.

A função também deve apresentar algum tipo de limitação para evitar que os usuários mandem mensagens e alertas de forma excessiva, afinal o recurso não terá o objetivo de eliminar a necessidade de utilização de redes 4G ou 5G por completo, assim como era imaginado quando os primeiros rumores foram divulgados.

Comunicação acontecerá com satélites de órbita baixa

Segundo informações de Kuo divulgadas ontem, os aparelhos da linha iPhone 13 terão a capacidade de se comunicar com satélites de órbita terrestre baixa (Low Earth Orbit, ou LEO) operados pela Globalstar. A função deve começar a funcionar somente em meados de 2022 para aparelhos da Apple, enquanto outras marcas também buscam suas alternativas para também disponibilizar o recurso em algum momento do ano que vem.

Fonte: GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.