Com a alta do dólar, compensa mais comprar iPhone no Brasil que nos EUA

Por Wagner Wakka | 10 de Julho de 2018 às 14h59
Tudo sobre

Apple

Uma pesquisa realizada pela Promobit revelou nesta terça-feira (10) que comprar iPhone nos Estados Unidos não está mais compensando com a atual cotação do dólar. O site de comparações de preço levantou o custo dos modelos iPhone 8 64GB, iPhone 8 Plus 64 GB e iPhone X 64 GB em várias lojas americanas como Amazon, Best Buy e até mesmo na loja oficial da Apple.

Para isso, vale lembrar que o estudo levou em consideração a cotação do dólar a R$ 3,80, adicionando 6% –que é o imposto americano para produtos comprados em Orlando–, principal destino dos brasileiros para comprar o smartphone.

Já em relação ao preço no Brasil, o Promobit levou em consideração as melhores promoções dos sites considerados confiáveis na plataforma.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

iPhone 8 64GB

No Brasil, este modelo sai por R$ 2.652,40 no site. Em comparação, o preços nas lojas americanas são:

  • R$ 2.964,56 (US$ 753.49), na Amazon;
  • R$ 2.819,55 (US$ 699,99), na Best Buy;
  • R$ 2.815,56 (US$ 699,00) na Apple.

Ou seja, a economia sai na casa de 200 reais, caso se compre no Brasil.

iPhone 8 Plus 64GB

Por aqui, este produto custa R$ 3.167,20 no site. Em comparação, os preços nas lojas americanas são:

  • R$ 3.675,55 (US$ 912.50), na Amazon;
  • R$ 3.222,35 (US$ 799,99), na Best Buy;
  • R$ 3.218,37 (US$ 799,00) na Apple.

iPhone X 64 GB

É somente este modelo que, pelo levantamento, ainda compensa buscar lá fora, em caso de viagem. O site encontrou o preço do smartphone em R$ 4.751,21. Em comparação, os preços nas lojas gringas são:

  • R$ 4.672,48 (US$ 1,160.00), na Amazon;
  • R$ 4.027,95 (US$ 999,99), na Best Buy;
  • R$ 4.023,97 (US$ 999,00) na Apple.

Vale lembrar que nestes custos não estão incluídos os preços de passagem e estada nos Estados Unidos, o que pode deixar o custo ainda maior.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.