Bateria do LG G8 ThinQ é praticamente impossível de ser substituída

Por Se Hyeon Oh | 10 de Maio de 2019 às 10h41
Tudo sobre

Saiba tudo sobre LG G8 ThinQ

Ficha técnica

Tradicionalmente, quando um novo smartphone é lançado, vários canais do YouTube entram em ação para desmembrar e fuçar as entranhas dos novos eletrônicos. Com a LG lançando o G8 ThinQ mundo afora, o canal JerryRigEverything abriu o dispositivo e descobriu que a fabricante fixou a bateria ao corpo do smartphone com uma cola permanente, tornando o processo de troca da bateria praticamente impossível.

Atualmente, a grande maioria dos smartphones já não conta com uma tampa destacável que permita aos usuários removerem a bateria. Assim, quando ela fica viciada e perde desempenho, cabe aos técnicos das autorizadas realizarem o procedimento, mas, ao que tudo indica, parece que a sul-coreana está querendo que as pessoas não façam isso.

Normalmente, quando o componente não pode ser removido pelo usuário, ele é colado às partes internas do aparelho com um tipo de cola simples ou através de adesivos consideravelmente fáceis de serem retirados. No entanto, assim como pode ser visto no vídeo do youtuber, a LG foi além e utilizou um produto que fixa a bateria de uma forma quase permanente.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O profissional do JerryRigEverything precisou aplicar uma força muito mais exagerada do que o normal, correndo o risco de danificar ainda mais a peça além de potencialmente causar uma explosão. Também é possível observar a aplicação de álcool, que ameniza o poder de grude da cola. No caso acima, é extremamente recomendável não utilizar uma fonte de calor (como um secador de cabelos) para derreter a cola, pois isso aumenta consideravelmente o risco de explosão.

Apesar de esse processo não ser algo rotineiro, é inevitável que, um dia, a bateria acabe perdendo o seu desempenho. Infelizmente, parece que os usuários do LG G8 ThinQ terão de encontrar alternativas para evitar ao máximo a troca da bateria ou encontrar um técnico bastante experiente para deixar o seu smartphone.

Fonte: JerryRigEverything (YouTube)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.